A batalha de Stalingrado

Conheça mais sobre a batalha de Stalingrado, o confronto decisivo para o início da queda da Alemanha Nazista


A batalha de Stalingrado foi um dos confrontos mais famoso e decisivos para a Segunda Guerra Mundial (1939-1945). Seu nome se dá pela batalha ter acontecido na cidade soviética de Stalingrado (que foi rebatizada de Volgogrado em 1961). A batalha foi travada entre as forças armadas da Alemanha e as da antiga União Soviética, sendo o exército soviético o que saiu vitorioso depois desses confrontos. Com mais de 1,5 milhão de mortos é considerada a guerra mais sangrenta de toda a história, e um marco da segunda guerra mundial por ser o início da queda do Terceiro Reich.

O início da batalha

O conflito teve início em agosto de 1942 com um ataque aéreo da força aérea alemã sobre Stalingrado. Apesar disso, algumas estruturas de fábricas ainda sobreviveram e continuaram a sua produção de guerra. A captura da cidade era muito importante para o Terceiro Reich por vários motivos, sendo os principais o fato de Stalingrado ser a maior cidade industrial da região do rio Volga e a localidade ser uma rota importante entre o Mar Cáspio e o norte da Rússia. Se a captura tivesse sido um sucesso, o avanço alemão até a capital russa, Moscou, teria sido garantido. Nos vários combates de rua, tanto o exército vermelho quanto a própria população, mostravam uma forte resistência.

A batalha de Stalingrado

Foto: Reprodução/ internet

A guerra chegou a um nível que o exército nazista tinha conquistado quase toda a cidade, exceto pelos bairros industriais no norte. Porém, uma série de situações logo iria colocar o lado soviético em vantagem. Pela incrível resistência da população de Stalingrado, do exército vermelho e o inverno soviético, o qual os alemães não estavam preparados, o desgaste do exército nazista se tornou algo muito maior.

O fim da guerra de Stalingrado

Em novembro de 1942, o exército soviético iniciou uma contraofensiva para retomar a cidade, que cercou o 6º exército alemão. Com ordens de não se entregarem, os alemães lutaram mesmo estando com uma grande desvantagem. Em 2 de fevereiro de 1943, o recém-promovido a Marechal-de-campo (A mais alta patente do exército), Paulus, foi o primeiro comandante do exército alemão a se render. Era o fim da guerra de Stalingrado e o início da queda do império alemão.


Reportar erro