A história e a filosofia de Sri Aurobindo

Por 78 anos Aurobindo Akroyd Ghoshse dedicou e trabalhou por uma sociedade mais justa, igualitária e livre. Saiba mais sobre esse filósofo e guru indiano


Por 78 anos, Aurobindo Akroyd Ghoshse dedicou e trabalhou por uma sociedade mais justa, igualitária e livre. Nasceu na cidade Calcutá, na Índia, em 15 de agosto de 1872.

Porém, aos 5 anos, foi junto com seus dois irmãos para a Inglaterra, onde estudaram e aprenderam a falar muitas línguas e Aurobindo mostrou toda a sua afinidade com a literatura.

Aos 20 anos, retornou a Índia com a vontade de descobrir a “sabedoria e verdade do Oriente”. Essa busca ditou toda a sua história política e espiritual.

a-historia-e-a-filosofia-de-sri-aurobindo

Foto: reprodução/ site irisorion

Apesar de tudo, Aurobindo é conhecido como um dos principais guias espirituais do planeta e possui até uma povoação em sua homenagem, chamada de Auroville (“A cidade do amanhecer”), localizada próxima à Pondicherry, local onde o filósofo ficou isolado na busca do aperfeiçoamento e aprofundamento da ioga.

Biografia de Aurobindo Akroyd Ghoshse

Em 1892, quando voltou da Inglaterra, Aurobindo começou uma luta contra o domínio britânico no país. Em 1906 foi escolhido para comandar o Partido Nacionalista, defendendo o direito de liberdade e independência da Índia do poderio inglês.

Por defender e pleitar essas reivindicações abertamente acabou sendo preso em 1908. Por um ano o jovem revolucionário passou por experiências espirituais que determinaram o seu trabalho no futuro.

O uso da ioga na prisão não foi uma descoberta para Aurobindo. Tendo em vista os desacordos e os bastidores conturbados que a vida política lhe proporcionava, o pensador praticava meditação a fim de relaxar o corpo e prepará-lo para mais embates.

Entretanto, na cadeia ele conseguiu intensificar ainda mais essa técnica e ao ser liberto, em 1909, seguiu para Pondicherry, na ânsia de um isolamento do mundo e buscando devotar-se totalmente à missão espiritual, abandonando os conflitos políticos.

A partir de então, Aurobindo Akroyd Ghoshse passa a ser conhecido, somente, por Sri Aurobindo. Isso porque, “Sri” apesar de não possuir significado, é utilizado como uma espécie de título, uma indicação de reverência para as pessoas ou entidades.

O modo de pensar de Sri Aurobindo

Sri Aurobindo é considerado como nacionalista, lutador pela liberdade, filósofo, escritor, poeta, yogue, e guru indiano.

De acordo com o próprio pensador, a meta não era “fundar uma religião ou uma escola de filosofia ou uma escola de Yoga, mas criar uma base e um caminho que irão trazer para baixo uma verdade maior além da mente, mas não inacessível à alma e consciência humanas”.

Ainda segundo com o guru, a ideia era unir o Ocidente com o Oriente num só pensamento.

Seguindo os princípios do Sri, Mira Alfassa, conhecida por “A mãe” deu continuidade aos ensinamentos do filósofo. Porém, nem ela, nem Aurobindo procuravam mais discípulos.

E evitavam um perfil público, dando preferência ao isolamento e o abandono do mundo de bens.

“Um movimento, no caso de um trabalho como o meu, significa a fundação de uma escola ou seita ou algum outro condenável non-sense. Significa que centenas de milhares de pessoas sem nenhum valor para o propósito se aproximariam e corromperiam o trabalho ou o reduziriam a uma pomposa farsa, da qual a Verdade que estava descendo, retiraria-se para segredo e silêncio. É isso o que tem acontecido às religiões, e essa é a razão de seu fracasso”, alertou o próprio Sri Aurobindo.


Reportar erro