A origem do Oscar, um dos maiores prêmios da 7ª arte

O Oscar é um dos eventos mais importantes e esperados do ano. Apremiação teve uma origem simplória, tímida e sem muitas expectativas


O Oscar é um dos eventos mais importantes, esperados e glamourosos do ano. Um dos prêmios mais importantes da sétima arte teve uma origem simplória, tímida e sem muitas expectativas.

Melhor Fotografia, Melhor Edição de Som, Melhor Mixagem de Som e Melhores Efeitos Visuais foram as primeiras e únicas categorias que existiram no primeiro Oscar, em 1927.

O prêmio foi criado pela Academia das Artes e Ciências Cinematográficas com o intuito de promover os filmes e glorificar o desempenho dos melhores atores, atrizes, diretores e outros profissionais.

A primeira entrega aconteceu no Hotel Roosevelt em Hollywood, com um público de 270 pessoas e foi apresentada pelo ator, Douglas Fairbanks ,e pelo diretor, William C. de Mille.

A origem do Oscar, um dos maiores prêmios da 7ª arte

Foto: depositphotos

A divulgação dos premiados era diferente da forma como conhecemos atualmente. Nos primeiros dez anos do Oscar, os vencedores eram divulgados aos jornais para publicação às 11 horas na noite de premiação.

O primeiro Oscar da história foi entregue ao ator Emil Jannings pela atuação nas obras The Last Command e The Way of All Flesh. Ele precisava voltar para Europa antes da cerimônia começar, por isso teve que receber seu prêmio antes, tornando-se a primeira pessoa a receber a estatueta.

O careca musculoso de apenas 33 cm e 3,85 quilos não sofreu grandes modificações de 1929 até os dias de hoje. A estatueta criada pelo diretor de arte Cedric Gibbons e pelo escultor George Stanley, sofreu apenas uma alteração.

Foi durante a Segunda Guerra Mundia que a estatueta foi confeccionada em gesso e pintada com tinta dourada. Isso graças ao esforço do país em poupar todos os tipos de metal. Quando o conflito terminou, os agraciados com o Oscar de gesso tiveram seus prêmios trocados pelas de metal banhado a ouro.

O motivo do nome da premiação de chamar Oscar é um verdadeiro mistério. Existem especulações que dizem que a secretária-executiva da Academia, Margareth Herrick, ao ver a estatueta disse que ela parecia muito com o seu tio Oscar. Um jornalista, ao ouvir essa comparação, acabou publicando no jornal que esse seria o nome do evento.

Outras versões contam que atriz, Bette Davis, teria apelidado a estatueta com esse nome devido à semelhança do objeto com o seu antigo marido, Oscar.

Obras e artistas mais premiados do Oscar

Os filmes que mais têm Oscar são: Titanic, Ben-Hur e The Lord of the Rings: The Return of the King, todos com um total de 11 vitórias.

O produtor Walt Disney é o maior vencedor da história do Oscar, tendo recebido um total de vinte e dois prêmios da Academia.

Katharine Hepburn é a atriz mais premiada até então. Ela possui 4 prêmios pelas atuações nos filmes Morning Glory (1934), Guess Who’s Coming to Dinner (1968), The Lion in Winter (1969) e On Golden Pond (1982).

Daniel Day-Lewis, Jack Nicholson e Walter Brennan são empatados os atores masculinos com mais números de Oscar. Todos os atores conseguiram levar para casa um total de 3 estatuetas pelos trabalhos, respectivamente, nos filmes: My Left Foot (1990), There Will Be Blood (2008) e Lincoln (2013); One Flew Over the Cuckoo’s Nest (1975), Terms of Endearment (1983) e As Good as It Gets; Come and Get It (1937), Kentucky (1930) e The Westerner (1941).


Reportar erro