A vida nas estrelas: elementos químicos

Os elementos químicos, assim como a Terra e até mesmo a vida, são oriundos das estrelas. Descubra como isso aconteceu


Você já parou para pensar em como as estrelas brilham tanto e se encontram diariamente no céu? Uma teoria bastante aceita afirma que os elementos químicos responsáveis por formar a matéria existente, como é o caso do nosso corpo e de nosso planeta, por exemplo, foram produzidas, todas, por nucleossíntese. Esse processo, segundo acredita-se, com relação aos elementos leves como o hidrogênio, hélio, lítio e berílio, foi decorrente de um plasma de sub-partículas que recebem o nome de quarks glúons, e são originárias da explosão Big Bang, quando o universo estava resfriado abaixo de 10 milhões de graus.

Foi por meio desse processo que praticamente todo o hidrogênio, elemento mais abundante do universo, foi formado. Elementos mais pesados, como é o caso do carbono, oxigênio, ferro, entre outros, se formam no interior das estrelas. Isso acontece por meio de processos de fissão ou fusão nuclear, iniciados pelo hidrogênio.

A vida nas estrelas: elementos químicos

Foto: Pixabay

A fusão nuclear

A fusão nuclear que acontece no núcleo das estrelas forma os outros elementos com a união de dois ou mais átomos, que formam núcleos com massa maior. Nisso, os elementos como oxigênio, silício, enxofre, carbono, ferro, entre outros.

Destes, três formam mais de 80% dos átomos da Terra, que são o oxigênio, que está presente na água e domina a superfície do planeta, o ferro, que é o principal elemento presente no núcleo da terra e, por fim, o silício, que é encontrando nas areias que formam o fundo dos oceanos.

O surgimento da Terra e da Vida

Pode parecer meio difícil de acreditar, mas as estrelas que brilham ou já brilharam no céu um dia, são responsáveis pela formação de todos os elementos que propiciaram o surgimento da Terra, há cerca de 4,6 bilhões de anos, e da vida. Isso durante o processo de reações nucleares, ou durante a ‘morte’ das estrelas.

Elementos mais pesados que o ferro

Alguns elementos são mais pesados que o ferro, e estes são formados por meio da captura dos nêutrons e prótons durante a explosão das estrelas que são conhecidas como supernovas.

Formação

Na formação do universo, foi produzido o hidrogênio e parte do hélio e, depois disso, formaram-se as primeiras estrelas que, depois de completarem o seu ciclo evolutivo, ejetaram os elementos químicos produzidos em seu interior para o meio interestelar, independentemente de ser por meio de perda de massa ou da explosão de uma supernova.

O material ejetado fez parte da próxima geração de estrelas que, em seu ciclo de vida, produziu um material mais pesado e mais enriquecido, e assim sucessivamente.


Reportar erro