Ácidos carboxílicos

Saiba o que são os ácidos carboxílicos, sua nomenclatura, a classificação e os principais desse grupo encontrados em nosso dia a dia


Os ácidos carboxílicos são compostos orgânicos que se caracterizam pela presença de um ou mais grupos carboxila ligados à cadeia carbônica. Uma das principais características dos ácidos carboxílicos é o seu cheiro acentuado, que, na maioria das vezes, é bastante desagradável.

A carboxila é abreviada quimicamente como COOH, sendo este o grupo funcional dos ácidos carboxílicos, consistindo na junção dos grupos carbonila e hidroxila.

A ligação do nosso odor com os ácidos carboxílicos

O odor do nosso suor, por exemplo, se deve em função à presença dos ácidos carboxílicos. Isso porque durante a nossa transpiração, eliminamos diversos compostos orgânicos que são decompostos pelas bactérias presentes em nossa pele, produzindo substâncias de cheiro forte e desagradável.

Por isso, a grande maioria dos adultos utilizam desodorantes que têm substâncias alcalinas em sua composição, pois elas trabalham na neutralização dos ácidos carboxílicos, e com isso eliminam o cheio forte.

Ácidos carboxílicos

Imagem: Reprodução/ internet

Ácidos carboxílicos e a sua nomenclatura

Ácido + número de carbonos da cadeia + tipo de ligação + terminação oico. Por exemplo:

  • H – COOH: ácido + 1 carbono + ligação simples (na) + terminação oico = ácido metanoico.
  • CH3 – COOH: ácido + 2 carbonos + na + oico = ácido etanoico.
  • Existem ácidos carboxílicos de cadeias muito longas, sendo assim, utiliza-se fórmulas abreviadas, como é o caso do ácido esteárico: C17 H35 – COOH.

Classificação dos ácidos carboxílicos

A classificação dos ácidos carboxílicos pode ser feita quanto ao tipo de cadeia e quanto ao número de carboxilas da cadeia, sendo classificados em monocarboxílicos (ou monoácidos) quando possuem apenas uma carboxila; dicarboxílicos (ou diácidos) quando possuem duas carboxilas, e assim sucessivamente.

  • Quanto ao tipo de cadeia: ácidos carboxílicos alifáticos possuem cadeia aberta, por exemplo, o ácido etanoico.
  • Quanto ao número: por exemplo, o ácido propanoico (monoácido) e o ácido pentonodioico (diácido)

Ácidos carboxílicos encontrados em nosso dia a dia

Ácido etanoico: ocorre no estado líquido em temperatura ambiente, é incolor, de odor irritante e possui sabor azedo. É popularmente conhecido como ácido acético, isso porque foi isolado pela primeira vez a partir do vinagre. Industrialmente é obtido através da oxidação do etanol.

Ácido metanoico: líquido incolor, de odor forte e irritante, utilizado para a fixação de corantes em tecidos, na fabricação de tintas e vernizes, na produção de pesticidas, entre outros. Por ter sido obtido pela primeira vez a partir da maceração de formigas, essa substância é conhecida também como ácido fórmico.

Ácido benzoico: é muito utilizado na fabricação de medicamentos e cosméticos, e como conservante de alimentos. É o ácido carboxílico aromático mais simples (ligado a um anel benzênico).

Ácido cítrico: sólido branco em temperatura ambiente, de sabor azedo e inodoro. É encontrado em frutas cítricas como limão, laranja, entre outras. É muito utilizado na indústria de alimentos e bebidas com a função de acidificar o sabor, regular o pH e camuflar sabores desagradáveis de outras substâncias.

Ácido no soro do leite e obtido a partir da fermentação da lactose pela bactéria streptococcus lático: encontrado lactis. É muito utilizado na produção de queijos, iogurtes, fermentos químicos, refrigerantes, sorvetes, etc.


Reportar erro