Adsorção

Para entender a adsorção na química, primeiro vamos entender o que significa a palavra adsorver. Enquanto absorver refere-se à ação de recolher – como…


Para entender a adsorção na química, primeiro vamos entender o que significa a palavra adsorver. Enquanto absorver refere-se à ação de recolher – como uma esponja que absorve, ou recolhe a água e, caso apertada, pode sair facilmente -, adsorver está relacionado à adesão, ou seja, fixação de moléculas de um fluído em uma superfície sólida.

As moléculas das substâncias sólidas e líquidas encontram-se mais próximas umas das outras e, consequentemente, há uma elevada densidade. Por isso, substâncias nesses estados apresentam uma grande capacidade de interação entre si, ao contrário dos gases que, apesar de interagirem, isso acontece com uma frequência menor devido à distância que existe entre as moléculas.

Adsorção

Foto: Reprodução

Como exemplo de adsorção, podemos citar o uso do carvão para eliminar o odor das geladeiras, gerado pela produção de substâncias gasosas voláteis provenientes da decomposição dos alimentos. Essas substâncias adsorvem nos poros da superfície do carvão, eliminando o odor. Outro exemplo comum no dia a dia é o uso do carvão ativado para eliminar as impurezas no tratamento de água, ou ainda a sílica gel, que é um composto sintético utilizado para reter a umidade nos ambientes.

Entre as formas de interação que podem acontecer entre as moléculas, temos a adsorção, que é a adesão das moléculas de um fluído, chamado de adsorvido, a uma superfície sólida, chamada de adsorvente. A adsorção pode acontecer por meio de forças de natureza física ou química.

Adsorção física

A adsorção que acontece por meio de forças físicas é denominada fisissorção. Neste caso, as moléculas ou átomos se aderem à superfície do adsorvente, de uma forma geral, por meio das forças de Van der Waals – ligações intermoleculares de longo espectro, mas que são muito fracas, incapazes de formar ligações químicas -. A adsorção física é um processo reversível e, apesar de uma molécula fisicamente adsorvida reter sua identidade, pode ser deformada pela presença dos campos de força da superfície.

Adsorção química

A adsorção química também pode ser chamada de quimissorção, e é específica, empregada na separação de misturas. Nesse caso, as moléculas ou átomos aderem à superfície do adsorvente por meio de ligações químicas que, normalmente, são covalentes – o tipo da ligação depende das substâncias que participam do sistema-, tendendo a acomodar-se em locais que propiciem o maior número possível de coordenação com o substrato. O processo é exotérmico e irreversível, uma vez que há a formação de ligações químicas.


Reportar erro