Biografia de Afonso Pena

Nascido em 30 de novembro de 1847 e Santa Bárbara, MG, Afonso Augusto Moreira Pena era filho de Domingos José Teixeira Pena, um imigrante…


Nascido em 30 de novembro de 1847 e Santa Bárbara, MG, Afonso Augusto Moreira Pena era filho de Domingos José Teixeira Pena, um imigrante Português que veio ao Brasil procurando por ouro e Ana Maria dos Santos, brasileira.

Estudou no Colégio Caraça dos Padres Lazaristas e depois foi Bacharel pela Faculdade de Direito de São Paulo no ano de 1870. Em sua turma formaram-se nomes renomados como Castro Alves, Ruy Barbosa e Rodrigues Alves.

Carreira

Atuou como advogado por um período breve, e, em seguida, no ano de 1874, iniciou sua carreira política, tornando-se deputado em Minas Gerais. Entre os anos de 1878 e 1889 foi eleito deputado quatro vezes, sendo parte do Partido Liberal. Seu governo de 1878, encabeçado por seu partido, fez com que assumisse os cargos de Ministro da Justiça, da Guerra e da Agricultura. Passado algum tempo após a proclamação da república, ele integrou a Assembleia Nacional Constituinte, renunciando para protestar contra o gesto de dissolver o Congresso Nacional, por parte do presidente Deodoro da Fonseca.

Entre os anos de 1892 e 1894, foi governador do estado de Minas Gerais, eleito por voto direto, e teve como marco em seu governo o impasse da mudança da capital do Estado de Ouro Preto para Belo Horizonte.

Afonso Pena

Foto: Presidência da República

Quando, em 1902, Francisco Silvano de Almeida Brandão, vice-presidente eleito faleceu, Afonso Pena assumiu sua função até 1906. Afonso Pena passou a ser um nome alternativa natural para a sucessão de Rodrigues Alves como parte do acordo da Política Café-com-leite – em que paulistas e mineiros revezavam no posto de chefe da nação -. Assim tornou-se presidente e lá permaneceu entre 15 de novembro de 1906 e 14 de junho de 1909.

Convênio de Taubaté

Durante o seu mandato, reafirmou o Convênio de Taubaté – acordo firmado ao final do governo de Rodrigues Alves que fazia com que o Estado fosse obrigado a comprar os excedentes de café -, e isso fez com que a dívida externa brasileira aumentasse, realizando altos empréstimos para cumprir o tratado.

A preocupação de Afonso Pena era, basicamente, a execução de políticas que buscavam melhorar os negócios das elites rurais, como por exemplo, criar ferrovias e modernizar os portos, além de incentivar mão-de-obra imigrante nas lavouras.

Seu governo teve como destaque ainda a criação do Serviço de Proteção ao Índio, com direção de Marechal Cândido Rondon. E uma reestruturação do exército que fez com que se estabelecesse a obrigatoriedade do serviço militar.

Em pleno mandato, no dia 14 de junho de 1909, faleceu e foi substituído por Nilo Peçanha seu vice.


Reportar erro