Agente da passiva

Agente da passiva é um tema abordado no estudo da gramática normativa e está intimamente relacionado à flexão de voz dos verbos. Por isso,…


Agente da passiva é um tema abordado no estudo da gramática normativa e está intimamente relacionado à flexão de voz dos verbos. Por isso, antes de detalharmos o conceito de agente da passiva, precisamos retomar brevemente a voz do verbo, que é a forma que este assume para indicar que a ação é praticada ou sofrida pelo sujeito.

Vozes verbais

São três as vozes do verbo na nossa língua: a voz ativa, quando o sujeito é agente, isto é, faz ação expressa pelo verbo; a voz passiva, quando o sujeito é paciente, ou seja, sofre a ação expressa pelo verbo; e a voz reflexiva, em que a ação verbal é ao mesmo tempo praticada e sofrida pelo sujeito.

Observe atentamente os exemplos a seguir:

-O vento agitava as folhas das árvores. (Voz ativa)
-As folhas das árvores eram agitadas pelo vento. (Voz passiva)
-A criança feriu-se. (Voz reflexiva)

Agente da passiva

Foto: depositphotos

O agente da passiva apenas existe se a oração estiver na voz passiva. Quando o verbo está na voz ativa, o sujeito exerce a função de agente da ação e não há agente da passiva, sendo o sentido do verbo complementado pelo objeto direto.

O que é agente da passiva?

Agente da passiva é o termo da oração que complementa o sentido de um verbo na voz passiva, indicando o ser que praticou a ação verbal. Quando o verbo está na voz passiva, o sujeito recebe uma ação praticada pelo agente da passiva. Em geral, aparece na voz passiva analítica, constituída com o verbo auxiliar + o particípio do verbo principal.

Confira os exemplos a seguir:

Toda a família foi acordada pelo estrondo.

Toda a família = sujeito
Foi = verbo auxiliar
Acordada = verbo principal no particípio
Pelo estrondo = ser que praticou a ação = agente da passiva

Os feridos foram socorridos pelos médicos.

Os feridos = sujeito
Foram = verbo auxiliar
Socorridos = verbo principal no particípio
Pelos médicos = ser que praticou a ação = agente da passiva

É importante ressaltar que o agente da passiva é um complemento exigido apenas por verbos transitivos diretos e bitransitivos (direto e indireto ao mesmo tempo). O termo é mais comumente introduzido pela preposição “por” e suas variantes, tais como “pelo”, “pela”, “pelos” e “pelas”. No entanto, podemos encontrar o agente da passiva introduzido pelas preposições “de” ou “a”.

 

 

*Débora Silva é graduada em Letras (Licenciatura em Língua Portuguesa e suas Literaturas). 


Informar erro