Algarismos romanos

Os algarismos romanos (numeração romana ou números romanos) foram desenvolvidos na Roma Antiga e utilizados, durante muito tempo, como a principal forma de representação…


Os algarismos romanos (numeração romana ou números romanos) foram desenvolvidos na Roma Antiga e utilizados, durante muito tempo, como a principal forma de representação numérica na Europa.

Os números eram representados por sete letras maiúsculas do alfabeto latino: I, V, X, L, C, D e M.

O sistema de numeração romana

A cada uma das sete letras do alfabeto latino eram atribuídos valores, de acordo com a tabela a seguir:

      I       V        X       L        C        D       M
      1       5       10      50      100       500    1000

Os algarismos romanos devem ser escritos seguindo algumas regras. Na representação de outros números são escritos alguns algarismos, começando do algarismo de maior valor e de acordo com a seguinte regra:

Algarismos de menor ou igual valor à direita são somados ao algarismo de maior valor. Veja os exemplos a seguir:

VI = 5 + 1 = 6

XII = 10 + 2 = 12

LV = 50 + 5

CCL = 100 + 100 + 50 = 250

MCCXI = 1 000 + 100 + 100 + 10 + 1 = 1211

DXX = 500 + 10 +10 = 520

MDCL = 1000 + 500 + 100 + 50 = 1650

Algarismos de menor valor à esquerda são subtraídos do algarismo de maior valor. Veja os exemplos a seguir:

IV = 5 – 1 = 4
IX = 10 – 1 = 9
XL = 50 – 10 = 40
XC = 100 – 10 = 90
CM = 1 000 – 100 = 900

Existe ainda a regra de que um algarismo não pode ser repetido lado a lado por mais de três vezes. Dessa forma, os numerais I, X, C, M só podem ser repetidos até três vezes:

I = 1          II = 2    III = 3

X = 10      XX = 20   XXX = 30

C = 100    CC = 200  CCC = 300

M = 1000  MM = 2000  MMM = 3000

Tabela com alguns números romanos

Algarismos romanos

Foto: Reprodução


Reportar erro