Animais invertebrados

Os animais, em geral, são divididos em invertebrados e vertebrados. O que os difere, é a presença, ou a ausência de espinha dorsal e…


Os animais, em geral, são divididos em invertebrados e vertebrados. O que os difere, é a presença, ou a ausência de espinha dorsal e caixa craniana. A divisão é feita apenas para facilitar o estudo dos animais. Compreendendo 97% de todas as espécies de animais de todo o mundo – 1,5 milhão de espécies diferentes, os invertebrados são considerados os animais mais antigos do reino animal, uma vez que foi a partir deles que surgiram os vertebrados.

Animais invertebrados

Foto: Reprodução

Quem são os animais invertebrados?

Os animais pertencentes ao grupo dos invertebrados são divididos entre os filos:

  • Poríferos, que são as esponjas-do-mar;
  • Cnidários, que compreendem os corais, as águas-vivas e também as anêmonas-do-mar;
  • Platelmintos, que são todos os vermes que possuem corpo achatado, como a tênia e os esquistossomos;
  • Nematelmintos, que envolvem os vermes que possuem corpo cilíndrico, como a lombriga;
  • Moluscos, compreendendo os polvos, lulas, mexilhões, ostras, mariscos, caramujos e lesmas;
  • Anelídeos, que são os animais divididos em anéis, como as minhocas e os sanguessugas;
  • Equinodermos, que são os pepinos-do-mar, ouriços-do-mar e estrelas-do-mar;
  • Artrópodes, que compreendem os insetos (como borboletas, besouros, formigas e baratas), aracnídeos (como aranhas, escorpiões, ácaros e carrapatos), miriápodes (centopeias e lacraias), e crustáceos (caranguejos, siris, camarões e lagostas).

Principais características

Os animais invertebrados, assim como os vertebrados, pertencem ao reino animália e, como citado acima, são aqueles que não possuem crânio, vértebras ou coluna dorsal. Em geral, possuem corpos moles, mas alguns possuem exoesqueleto de calcário, como os artrópodes. Esse exoesqueleto tem como objetivo facilitar a locomoção, a sustentação e a proteção.

Em sua estrutura corpórea, os animais invertebrados possuem algumas características peculiares. Neles, existe a ausência de parede celular, formação multicelular, reprodução normalmente sexuada e tecidos como resultado da organização celular – onde a única exceção é a esponja. Seu habitat é diversificado, podendo ser encontrados em terra, como as formigas e as minhocas, no ar, como as moscas e pernilongos, na água, como o camarão e a lula, e até mesmo no corpo humano ou de outros animais, como a pulga e o piolho – chamados de parasitas.

Apesar de, no geral, podermos afirmar que podem se locomover sozinhos, existem exceções, como as esponjas. Estas se locomovem somente quando jovens e pequenas, ao contrário dos insetos, por exemplo, que se locomovem durante toda a vida. Sua alimentação é feita por meio da extração da energia necessária de outros seres, como os autótrofos – vegetais – e os heterótrofos – animais.


Reportar erro