Animais noturnos

O dia acaba, o Sol se vai e é nessa hora que vários animais saem de suas tocas e ninhos para procurarem comida.  A…


O dia acaba, o Sol se vai e é nessa hora que vários animais saem de suas tocas e ninhos para procurarem comida.  A escuridão da noite é o momento perfeito para a vida de muitos tipos de animais, que acabaram adquirindo habilidades especiais como: super visão, superaudição, superolfato, entre outros, justamente por viverem durante esse período do dia.

Cada tipo de animal tem a sua habilidade especial, que os diferencia dos demais. Essas habilidades foram surgindo com o tempo, ou seja, os animais foram se adaptando ao tipo de vida noturna até conseguirem tais características. Algumas dessas características são usadas para caçar a presa, enquanto outras surgiram para que os animais pudessem se defender.

A preferência pela noite

Mas o porquê de alguns animais passarem a viver durante a noite? Estudiosos afirmam que mesmo eles vivendo no mesmo ambiente sempre, as condições ambientais acabam não sendo favoráveis para tal. Um exemplo disso são as rãs e sapos. Eles possuem uma pele muito sensível a altas temperaturas e, ao ficarem muito tempo expostos ao Sol, podem acabar se machucando. Sendo assim, esse tipo de animal se melhor adaptou a viver durante a noite. Outro possível motivo, para alguns animais viverem a noite, seria porque essa foi a forma encontrada para fugirem dos seus predadores. Animais que eram caçados sempre durante o dia, passaram a viver de noite na tentativa de não mais serem presas.

Os famosos noturnos

Morcegos

Morcego

Foto: Reprodução

O morcego talvez seja o animal que melhor representa a vida noturna. Durante o dia, ficam escondidos em cavernas ou brechas escuras, descansando, quando a noite chega, saem à procura de alimentos. Nem todos os morcegos se alimentam de sangue, a maioria gosta de pequenos insetos e frutas. Por viverem a noite eles adquiriram uma habilidade bastante peculiar, a “ecolocalização”. Funciona como um tipo de radar, no qual o morcego emite um som numa frequência muito alta (imperceptível aos ouvidos humanos), e esse som ao tocar em alguma superfície, dá ao animal a percepção necessária para que ele desvie do obstáculo ou avance ao mesmo, caso seja uma presa.

Corujas

Coruja

Foto: Reprodução

Outro animal bastante conhecido por sua vida noturna são as corujas. Essas, por sua vez, detém a habilidade da super visão. Elas não enxergam colorido, no entanto isso não é problema, quando se pode enxergar um pequeno alvo a cerca de 10 metros de distância e com baixa luminosidade. Por essa habilidade a coruja é uma eximia caçadora.

Criaturas da noite

No mundo animal, ainda existem muitos outros animais que preferem a noite, ao dia. A maioria dos felinos é um exemplo. Jaguatirica, gato-do-mato, a onça pintada, o lobo-guará, entre outros. O escorpião, texugo, vagalume, tarântula, rato, toupeira, gambá, lobo, também são animais noturnos. E essa lista ainda é muito vasta. Cada tipo de animal tem suas próprias características, que lhes ajudam a sobreviver durante a noite. Seja para caçar ou não ser a caça.


Reportar erro