Antologia

O que é antologia? Antologia nada mais é do que uma seleção de textos que podem contar ou não com comentários e notas daquele…


O que é antologia?

Antologia nada mais é do que uma seleção de textos que podem contar ou não com comentários e notas daquele que os selecionou. Os textos que a compõe normalmente são escolhidos de acordo com critérios determinados, e representam uma vertente literária ou o conjunto de obras de um autor. O nome antologia, do grego, anthos que é flor, e lego, que é escolher, é sinônimo de coletânea, miscelânea, florilégio, analetos e coletânea.

Antologia

Foto: Reprodução

Apesar de ser chamada de antologia mesmo sem haver comentários do compilador, o trabalho fica mais completo se ele o fizer, de forma a contextualizar os textos, classificá-los de acordo com seu gênero ou tema, e defender suas opções de escolha – isso pode ser feito, inclusive, em um prefácio, notas ou comentários que antecedam cada parte da antologia selecionada.

Para que servem as antologias

As antologias abrigam os textos mais importantes da literatura brasileira e, por isso, vem sendo utilizadas como ferramentas pedagógicas nas pesquisas sobre livros nacionais. Além disso, são importantes para orientar corretamente as análises de obras de determinado escritor caso ele tenha escrito muitas obras, ou exista uma carência com relação ao tempo disponível para estudá-lo.

Apesar de suas vantagens, acredita-se que as antologias possam ser um obstáculo à leitura completa dos textos literários, ou seja, estudam-se as antologias, mas não se busca conhecer a obra integralmente. É importante, por isso, que os estudantes que usam antologias para se posicionar quanto a determinado autor ou estilo literário, não ignorem as obras por completo, e as respeitem. Pode-se dizer que, vista dessa forma, a antologia servirá como um guia para o leitor chegar até a obra integral.

Histórico

O termo antologia começou a ser usado depois do século XVIII, momento em que ainda eram usados os termos cancioneiro, flores, romanceiro, silva e silvas para se referir às coleções de textos literários. Com isso seu uso se amplificou de forma a auxiliar no estudo e determinar estilos literários, entre outras razões, como as citadas acima.

Existe um esforço criado pelos estudiosos para determinar a diferença entre uma antologia e uma miscelânea, de forma que esta tem sido usada para se referir às coletâneas que não obedecem a nenhum critério fundamentado de escolha ou aos princípios didáticos. Na miscelânea, ordem cronológica e histórica dos textos pode ser ignorada, o que na antologia não é permitido.


Reportar erro