Aprendendo a escrever no BrOffice

Lançado em 2002, o BrOffice é o desenvolvedor de aplicativos de escritórios gratuito para computadores


Ingressar na faculdade, conseguir um bom emprego ou até alcançar certo prestígio na sociedade requer das pessoas uma qualidade essencial: saber escrever bem. Hoje, mais do que nunca, essa é uma característica indispensável que as pessoas devem ter, pois, quem tem a aptidão da escrita com certeza consegue ler bem e se comunicar melhor ainda.

Com a tecnologia e o advento das redes sociais, o “internetês” adentrou no nosso vocabulário e algumas pessoas têm dificuldades de se desfazer dele. Em contrapartida, os processos tecnológicos nos permitem novas experiências educativas e até auxiliam na formação de um bom texto, esse é o caso das suítes de escritórios gratuitas para computadores, à exemplo do BrOffice.

Afinal, o que é BrOffice?

 

Aprendendo a escrever no BrOffice

Foto: Reprodução/ internet

Conhecido como LibreOffice, BrOffice já foi chamado de BrOffice.org. Lançado em 2002 pelo The Document Foundation, é o desenvolvedor de aplicativos de escritórios para computadores, e o melhor, funciona de forma gratuita para os consumidores. Para utilizar dos seus serviços, o PC deve ter instalado o plugin Java Runtime Environment (JRE). Os softwares BrOffice são compatíveis com os seguintes sistemas operacionais: WindowsMac OS, Solaris e Unix.

Dentre os programas que essa multiplataforma disponibiliza estão o Writer, semelhante ao concorrente Word, é feito para a produção de textos, mas também pode ser usado fotos, gráficos, tabelas etc.; Calc, funciona como planilha eletrônica; Draw, processador de desenhos; Base, desenvolvido para o gerenciamento de dados; Impress, editor de apresentação; Math, usado para editar formas matemáticas e científicas.

Escrevendo no Writer

Desenvolvido para a elaboração de textos, o Writer tem funções semelhantes ao famoso Word, aplicativo pago de edição de textos da MicrosoftFunciona com o sistema “What you see is what you get” (WYSIWYG), cuja tradução é “o que você vê é o que você obtém”, justificando a capacidade do programa de permitir que o documento manipulado na tela tenha a mesma aparência na forma final, isto é, após impresso.

Usar esse aplicativo é fácil e tudo se resume a adaptação. Ele possui cinco barras para facilitar seu manuseio, são elas: de títulos, menu, padrão, formatos e status. As suas atribuições são, respectivamente, exibir o nome do artigo e abrigar as opções de restaurar ou fechar a janela; agrupar todas as funções para configuração dos textos do Writer; ter os botões de atalho do programa; abrigar as formatações do texto como fontes, aplicação de negrito, itálico e outras; e, por fim, conter informações como zoom da página, status de alteração do documento, total de páginas, idioma padrão etc.

Pronto, sabendo onde encontrar cada botão e suas funções é só começar a produção de texto. E para escrever bem a dica é sempre a mesma: leia muito.


Reportar erro