Arquitetura Gótica

Chamamos de arquitetura gótica a forma de expressão da arquitetura situada historicamente entre a românica, que esteve vigente no continente europeu no século X,…


Chamamos de arquitetura gótica a forma de expressão da arquitetura situada historicamente entre a românica, que esteve vigente no continente europeu no século X, e a renascentista, que rompeu os padrões na história da arte da projeção e construção de edifícios.

Quando

Na França, durante a Idade Média, desenvolveu-se a arquitetura gótica, antes conhecida como obra francesa. O termo gótico, no entanto, somente passou a ser usado ao final do Renascimento, e era usado com uma conotação pejorativa.

Em torno do século X, um estado crítico rondava a Europa, fazendo com que a autoridade do rei, inclusive, fosse questionada. Aconteceu então uma reorganização social em que se cria o sistema feudal.

Nesse período, havia regiões, como a França, por exemplo, que se viam na eminência de invasões, e passaram a produzir obras como pinturas, esculturas, e diversas outras expressões artísticas para externar esse pavor diante da guerra, da fome e das outras catástrofes previstas pela igreja.

As profecias frustradas, além das Cruzadas e da decadência do Feudalismo, fizeram com que surgisse o Estilo Francês, que se irradiou por toda a porção da Europa Medieval.

Características e obras da arquitetura Gótica

Esse estilo teve seu núcleo central ao final do século XII, disseminando-se posteriormente pela Europa Ocidental e, em terreno italiano vigorando até o século XV: o arco de ogiva, que permitia que as construções tivessem suas alturas aumentadas e dispensavam as grandes colunas de sustentações utilizadas anteriormente, no estilo romênico. O elemento é predominante em regiões que foram intensamente influenciadas pelos mouros, além de outras, é claro. Pode ser encontrado na catedral romênica de Monreale, no românico espanhol e até mesmo no estilo provençal.

Esse elemento, no entanto, apesar de ser o núcleo central, não é determinante do Gótico, pois em algumas obras do período foi substituído pelo arco de volta completa.

Basílica de Saint-Denis

Foto: Reprodução

 

A primeira obra do estilo gótico na França é a Basílica de Saint-Denis, localizada onde atualmente é Paris. Os arquitetos, optavam por ambientes repletos de luzes, abóbadas amplas e altas com pilastras e colunas, além de elementos que foram chamados de arcobotantes e contrafortes que eram os responsáveis pela manutenção no equilíbrio das obras que, muitas vezes, ficavam pesadas desmedidamente devido às abóbadas. Além disso, ao invés de grandes paredes densas, as construções apresentam vitrais e rosáceas.

Atualmente, essa arquitetura é considerada Patrimônio Mundial da UNESCO, podendo ser encontrada e admirada em algumas catedrais, como por exemplo a Catedral de Notre Dame, Chartres, Colônia e Amiens.


Reportar erro