Artes Marciais: Descubra cinco razões para praticar a modalidade

Algumas modalidades vem caindo no gosto dos esportistas, entre elas estão: judô, caratê, kung fu, tae kwon do e muay thai


A julgar pelo fato que a prática de artes marciais é uma forma de exercitar o corpo, daí ela já pode ser vista como vantajosa para ser inclusa na vida de qualquer pessoa. Então, o que dizer em reforçar essa ideia através de outras circunstâncias que vão ajudar a fazer de você um verdadeiro esportista. Fora isso, poder conciliar a prática com a diversão, faz você tomar ainda mais gosto pela coisa.

Determinação

A fata de tempo é um dos motivos que mais afastam as pessoas da prática sequencial de exercícios físicos. Além disso, outro motivo que é largamente usado como justificativa para fugir da movimentação corporal é a monotonia das academias de ginástica e a superlotação. Ah! Tem também a tal da preguiça, que pode anteceder todos as justificativas anteriores.

Praticando artes maciais

Para tudo isso, uma boa saída é a prática de artes marciais. Além da variedade disponível para a escolha do aspirante a atleta, a monotonia, definitivamente, está fora dessa prática. Com a difusão das modalidades, muitos espaços já oferecem diversas técnicas para os praticantes. Inclusive, até algumas academias de musculação, de olho na demanda crescente, também já incluíram a prática na lista de atividades.

Se você precisa de mais algumas razões para optar pela área, aí vão: as lutas não são entediantes; o tempo das aulas pode variar de acordo com a disponibilidade do aluno; tonifica o corpo por inteiro; proporciona a formação de amizades novas; é uma forma de diversão e descontração; diminui o efeito do estresse; devido a filosofia, pode ajudar na concentração.

Artes Marciais: Descubra cinco razões para praticar a modalidade

Foto: Pixabay

Algumas modalidades vem caindo no gosto dos esportistas, sobretudo nas academias de ginástica. Entre as modalidades mais difundidas no Brasil, estão: judô, caratê, kung fu, tae kwon do e muay thai. Para escolher a que se enquadra melhor no seu gosto e necessidade, conheça um pouco mais sobre elas:

Judô

A luta prima pela integração entre corpo e mente. Ela utiliza os músculos e a velocidade de raciocínio para dominar o adversário. O judô possui um rígido código de honra e, por isso, é considerado uma das mais nobres artes marciais. A prática do judô ajuda a aperfeiçoar o reflexo, coordenação motora, fortalecer a autoconfiança, além de desenvolver o equilíbrio mental.

Caratê

A principal característica é usar técnicas de ataque, em vez das de luta corpo a corpo. Os praticantes costumam gritar para expelir o ar dos pulmões, gerando contração nos músculos do estômago, resultando em golpes mais potentes. No caratê, os músculos são treinados para fazerem esforços rápidos e breves.

Kung fu

É considerada a mãe de todas as artes marciais. Alguns dos seus movimentos, dependendo da modalidade, são inspirados nos animais. A prática do kung fu trabalha e fortalece todos os ossos e músculos do corpo.

Tae kwon do

Consiste em diversas técnicas para golpear, chutar, esquivar-se, pular, aparar e bloquear os golpes adversários. O tae kwon do ajuda a desenvolver força, velocidade, flexibilidade e resistência, exigindo bastante das pernas, em decorrência da grande quantidade de chutes.

Muay thai

Por combina a ação dos dois punhos, dois cotovelos, dois joelhos e dois “pés e canelas” nos golpes é conhecida como “a arte das oito armas”. A luta desenvolve o condicionamento físico e mental, concentração e autoconfiança. Além do mais é bastante usada pelas pessoas que querem conquistar a boa forma.


Reportar erro