Assuntos sobre a história da África que podem cair no Enem

História é uma das matérias que compõe o caderno de Ciências Humanas e Suas Tecnologias do Enem. Assuntos que envolvem a África aparecem sempre na prova


História é uma das matérias que compõe o caderno de Ciências Humanas e Suas Tecnologias no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). E todos os anos assuntos que envolvem o continente da África aparecem na prova.

No ano de 2003 foi implementada a Lei 10.639 que obriga a implementação de conteúdos sobre história e cultura da África nas escolas brasileiras.

Só em 2013, o assunto caiu em 6 questões do Enem. Um número bastante significativo. O acerto dessas perguntas faz total diferença no resultado do aluno.

assuntos-sobre-historia-da-africa-que-podem-cair-no-enem

Foto: depositphotos

Assuntos da África que podem cair no Enem

O grande propósito do Enem é sair da “robotização” das perguntas que geralmente existem nas avaliações e dar uma contextualização para elas. Sabemos que a questão do racismo é algo muito presente na nossa sociedade e que atinge diretamente a população negra.

Países como Estados Unidos e Brasil, que tiveram a questão da escravidão muito acentuada, o preconceito é ainda mais presente. O estudo da História da África é de extrema importância dentro desse contexto.

As perguntas relacionas a preconceito racial podem ser associadas à questões da comercialização de escravos, por exemplo.

Outros pontos extremamente importantes e sempre cobrados no dia da prova em relação à História da África são sobre a cultura africana, identidade, memória e conscientização política.

Além desses, assuntos como o início da colonização e a descolonização da África, imperialismo, as duas Áfricas, primeiros povos africanos, África pré-colonial, África portuguesa, civilizações egípcia, núbia e cartaginesa, reinos africanos do Congo, do Mali, de Benin, a expansão islâmica pelo norte africano, entre outros.


Reportar erro