Biocombustíveis

Os biocombustíveis são fontes de energia renováveis, produzidos a partir de biomassa, ou seja, de material constituído por substâncias de origem orgânica (vegetal, animal…


Os biocombustíveis são fontes de energia renováveis, produzidos a partir de biomassa, ou seja, de material constituído por substâncias de origem orgânica (vegetal, animal e micro-organismos), e que permitem a ciclagem da matéria na natureza. São obtidos a partir de matérias-primas como a cana-de-açúcar, o milho, oleaginosas, resíduos agropecuários, entre outras. A sua utilização pode ser feita a partir de sua forma bruta (como a madeira) ou de resíduos agrícolas, florestais e pecuários (como excrementos de animais) e, ainda, a partir do lixo orgânico.

Biocombustíveis

Foto: Reproução

Segundo dados da AIE (Agência Internacional de Energia), cerca de 87% do combustível consumido no mundo é de origem fóssil, como o petróleo, o carvão mineral e o gás natural. O problema é que essas substâncias são finitas, um dia desaparecerão da natureza, e são extremamente poluentes. A partir disso, surge a necessidade de se pensar no desenvolvimento de combustíveis de origem renovável e é aí que os biocombustíveis aparecem como uma alternativa eficaz.

Tipos de biocombustíveis

Biodiesel: Combustível obtido a partir de óleos vegetais e pode ser utilizado em motores diesel, seja puro ou misturado ao diesel fóssil. As principais culturas voltadas à produção do biodiesel são as de soja, mamona, dendê, algodão e pinhão-manso.

Etanol: O etanol pertence ao grupo dos alcoóis, e é incolor, solúvel em água e extraído através do processo de fermentação da sacarose de matérias-primas como o milho, a cana-de-açúcar, a uva e beterraba.

As vantagens e as desvantagens dos biocombustíveis

Vários estudiosos defendem o uso dos biocombustíveis, destacando-se duas principais vantagens: a significativa redução de gases poluentes e o fato de serem fontes renováveis de energia.

Outras vantagens do uso dos biocombustíveis:

  • Os biocombustíveis possibilitam o fechamento do ciclo do carbono, contribuindo para a estabilização da concentração desse gás na atmosfera e isso contribui para conter o aquecimento global;
  • No Brasil, há uma grande área para cultivo de plantas que podem ser utilizadas para a produção de biocombustíveis;
  • Geração de emprego e renda no campo, evitando a grande concentração de população nas cidades;
  • Menor investimento financeiro em pesquisas;
  • O biodiesel substitui o óleo diesel sem necessidade de ajustes no motor;
  • Contribui com redução do lixo no planeta, pois o lixo pode ser usado na produção de biocombustível;
  • Manuseio e armazenamento mais seguros que os dos combustíveis fósseis.
  • Mesmo com muitas vantagens, estudiosos ainda apontam algumas desvantagens no uso de biocombustíveis. Confira algumas delas a seguir:
  • Grande consumo de energia para a sua produção;
  • Aumento do consumo de água para a irrigação das culturas;
  • Redução da biodiversidade;
  • Contaminação de lençóis freáticos por nitritos e nitratos.

Reportar erro