Biografia e obras de Cecília Meireles

Cecília Meireles foi uma das poetisas mais influentes do Modernismo, mas se manteve atemporal. Saiba um pouco de sua biografia e obras


Batizada como Cecília Benevides de Carvalho Meireles, a escritora brasileira nasceu no dia 7 de novembro no ano de 1901 na Tijuca, Rio de Janeiro. Ela foi uma poetisa, escritora, jornalista e pintora que se destacou na escola literária do Modernismo, apesar de ter traços do Romantismo, Realismo, Gongorismo, Surrealismo e outros. Filha de Carlos Alberto de Carvalho Meireles e Matilde Benevides Meireles, Cecília ficou órfã de mãe muito cedo e acabou sendo criada por sua avó, Jacinta Garcia Benevides. Desde cedo a garota já despertava o interesse pela literatura e aos nove anos começou a escrever suas primeiras poesias. Cecília frequentou a Escola Normal do Rio de Janeiro e estudou música, folclore, línguas, teoria educacional e literatura. Aos dezoito anos, em 1919, ela publicou seu primeiro livro de poemas “Espectros”, que era um conjunto de sonetos simbolistas.

Biografia e obras de Cecília Meireles

Veja a biografia de uma das escritoras mais renomadas do Brasil, Cecília Meireles. | Imagem: Reprodução

Trabalhos e mais na cronologia de Cecília

Cecília Meireles foi uma importante jornalista, pois publicava diariamente sobre problemas na educação, já que esta área estava totalmente interligada à sua vida. Em 1934 chegou a fundar a primeira biblioteca infantil do Brasil e trouxe à poesia dedicada às crianças a musicalidade característica de suas obras. Cinco anos depois ela publicou “Viagem”, livro com o qual chegou a ganhar o Prêmio da Poesia da Academia Brasileira de Letras. A poetisa também era católica e às vezes escrevia textos em homenagens a santos, como “O Romance de Santa Cecília” e outros. Em 1951 Meireles se aposentou de seu cargo de diretora de escola, contudo continuou trabalhando como produtora e redatora de alguns programas culturais, sem falar que ela sempre continuou a escrever suas poesias.

Para a tristeza de seus familiares e fãs, Cecília faleceu em sua cidade natal em 9 de novembro de 1964. Após sua morte, recebeu uma homenagem do Brasil: uma cédula de cem cruzados novos fora impressa com sua efígie.

Algumas obras de Cecília Meireles

  • Espectros (1919)
  • Criança, meu amor (1923)
  • Baladas para El-Rei (1925)
  • O Espírito Vitorioso (1935)
  • A Festa das Letras (1937)
  • Viagem (1939)
  • Mar Absoluto (1945)
  • Problemas de Literatura Infantil (1950)
  • Doze Noturnos de Holanda e o Aeronauta (1952)
  • Poemas Escritos na Índia (1953)
  • Pequeno Oratório de Santa Clara (1955)
  • Pistoia, Cemitério Militar Brasileiro (1955)
  • Panorama Folclórico de Açores (1955)
  • Romance de Santa Cecília (1957)
  • A Bíblia na Literatura Brasileira (1957)
  • Ou isto ou Aquilo (1964)
  • Escolha o Seu Sonho (1964)

Póstumas

  • Crônica Trovada da Cidade de San Sebastian do Rio de Janeiro (1965)
  • O Menino Atrasado (1966)
  • Flor de Poemas (1972)
  • Poesias Completas (1973)
  • Elegias (1974)
  • Flores e Canções (1979)
  • Canção da Tarde no Campo (2001)
  • Poesia Completa, edição do centenário (2001)
  • Crônicas de educação (2001)
  • Episódio Humano (2007)

Curiosidade!

Cecília também foi autora de um livro infanto-juvenil baseado na sua vida! A obra Olhinhos de Gato é bastante peculiar, mas pouco conhecida. Nela a autora brasileira conta a sua infância depois de ter perdido a sua mãe, Matilde Benevides Meireles, e como foi criada por sua avó, Dona Jacinta Garcia Benevides.


Reportar erro