Bitcoin

Bitcoin é descrito como um item de troca via Internet, que permite realizar pagamentos eletrônicos de maneira rápida, barata e direta. Confira!


Bitcoin é uma rede de pagamento online baseado em código de protocolo aberto, que teve o conceito publicado no ano de 2009, mas alcançou a popularidade a partir de 2013.

Esta tecnologia digital é descrita como um item de troca via Internet, que permite realizar pagamentos eletrônicos de maneira rápida, barata e direta.

Características do Bitcoin

Existem diversas formas de pagamento eletrônico, que diferem no que se refere ao relacionamento entre compradores e vendedores e o tempo gasto na transação. Alguns deles podem ser tão fáceis e rápidos quanto realizar um pagamento com uma cédula de determinado valor, outros demandam mais tempo ou uma empresa intermediária.

Neste contexto, podemos entender o Bitcoin como um pagamento eletrônico tão eficiente quanto o realizado com uma cédula de dinheiro. Esta tecnologia digital não tem limite mínimo ou máximo de valor e permite que o pagamento seja realizado por qualquer pessoa que esteja em qualquer lugar do mundo.

Bitcoin

Foto: Pixabay

O site oficial da Bitcoin (bitcoin.org) define a tecnologia como “uma rede de pagamento inovadora e um novo tipo de dinheiro”, porém este nome também se refere ao software de código aberto projetado por um grupo com o pseudônimo de Satoshi Nakamoto. O software foi criado para o uso da moeda e a respectiva rede peer-to-peer.

O sistema de pagamento online baseado em protocolo de código aberto é independente de qualquer autoridade central, e os usuários podem negociar diretamente uns com os outros. Todas as transações realizadas no sistema são públicas e armazenadas em banco de dados distribuídos de contabilidade pública denominado blockchain.

A transferência de bitcoins dentro da rede bitcoin ocorre através das transações entre o endereço remetente e o destinatário, e qualquer pessoa pode controlar e monitorar um nó do sistema. O bitcoin funciona de forma autônoma, sem a existência de um banco de dados central ou um único administrador central, motivo pelo qual foi classificado como “moeda digital descentralizada”.

Os bitcoins podem ser salvos em computadores ou em pen drives no formato de arquivos de carteira, ou em serviços de carteira online, podendo ser enviados pela internet para qualquer pessoa que possua um endereço bitcoin.

Crescimento do Bitcoin

Esta tecnologia vem conquistando bastantes adeptos atualmente, já sendo possível fazer doações em bitcoins para instituições como Greenpeace ou Wikipedia, comprar passagens aéreas em algumas agências de viagens online e outros serviços.

Existem páginas na internet que mostram onde esta moeda virtual é aceita, e é crescente o número de pessoas e empresas que negociam venda e compra de produtos por meio de bitcoins.


Reportar erro