Camadas da atmosfera

O planeta Terra é envolto por uma camada de gases, denominada atmosfera terrestre, que é retida pela força da gravidade. A existência da atmosfera…


O planeta Terra é envolto por uma camada de gases, denominada atmosfera terrestre, que é retida pela força da gravidade. A existência da atmosfera é muito importante, pois ela protege a vida na Terra absorvendo a radiação ultravioleta do sol, aquecendo a superfície através da retenção de calor (o chamado “efeito estufa”) e reduzindo os extremos de temperatura entre o dia e a noite.

Com a finalidade didática, a atmosfera foi dividida em cinco camadas que, juntas, compõem uma extensão de aproximadamente 1.000 km. Essas camadas não se distribuem igualmente, a sua distância varia de acordo com a densidade dos elementos químicos que as compõem, e à medida que se afastam da superfície da Terra, elas se tornam mais rarefeitas.

Camadas da atmosfera

Foto: Reprodução

As cinco camadas da atmosfera

Troposfera

É a camada da atmosfera mais próxima da crosta terrestre, na qual nós vivemos e respiramos. Esta camada vai do nível do mar até 12 km de altura e é basicamente composta pelos mesmos elementos encontrados em toda a atmosfera: nitrogênio, oxigênio e gás carbônico. É na troposfera que ocorrem os fenômenos climáticos, como as chuvas, a formação de nuvens, relâmpagos, neve etc., além de ser onde ocorre, também, a poluição do ar. Os aviões de transporte de cargas e passageiros voam nesta camada. As temperaturas nesta camada podem variar de 40ºC até -60ºC, sendo que quanto maior a altitude menor a temperatura.

Estratosfera

É a segunda camada mais próxima da Terra, ocupa uma faixa que vai do fim da troposfera (12 km de altura) até 50 km acima do solo. As temperaturas variam de -5ºC a -70ºC. Na estratosfera localiza-se a camada de ozônio, responsável pela proteção da Terra ao absorver os raios ultravioletas do sol. Os aviões supersônicos e balões de medição climática podem atingir esta camada. É nessa camada que ocorre o efeito estufa, que é causado pela emissão de gases na atmosfera, que ao serem liberados em grande quantidade, contribuem para o aquecimento global.

Mesosfera

Entre 50 e 80 km de distância da Terra encontra-se a mesosfera., que caracteriza-se por ser muito fria, com temperaturas que variam em torno dos -100ºC e com alturas de até 80 km. No entanto, a temperatura não é uniforme em toda a sua extensão, podendo variar muito, de -10ºC a -100ºC. A temperatura é extremamente fria porque não há gases ou nuvens capazes de absorver a energia solar e a parte de contato com a estratosfera é um pouco mais quente, havendo um ponto de troca de calor entre as duas. Nesta camada ocorre o fenômeno da aeroluminescência.

Termosfera

Inicia-se no final da mesosfera e vai até 500 km do solo, sendo a camada atmosférica mais extensa e mais quente. É uma camada que atinge altas temperaturas, devido à presença do oxigênio atômico, gás que absorve a energia solar em grandes quantidades. As temperaturas na termosfera podem atingir os 1.000ºC.

Exosfera

A exosfera é a última camada, ou seja, a que está mais distante da Terra, antecedendo o espaço sideral e é basicamente formada por gás hélio e hidrogênio. Vai do final da termosfera até 800 km do solo. Nesta camada, a gravidade não existe e é nela que ocorre o fenômeno da aurora boreal e também é onde permanecem os satélites de transmissão de informações e os telescópios espaciais.


Reportar erro