Canivete Suíço: ferramenta multiuso usada para diversos fins

O canivete suíço é uma pequena ferramenta versátil, leve, fácil de transportar e resistente; conheça a história deste objeto com diversas funcionalidades


O canivete suíço é um tipo especial de canivete, uma ferramenta multiuso que pode ser usada para diversos fins. O mecanismo que permite as várias lâminas dobráveis foi criado pelo cuteleiro Karl Elsener, no ano de 1894. O canivete suíço foi bastante difundido no mundo inteiro como um objeto moderno que reúne diversos elementos e funcionalidades em um só aparelho.

As origens do canivete suíço

A história do canivete suíço tem início com o exército suíço, que pretendia um canivete que fosse versátil, leve, fácil de transportar e resistente. Desta maneira surgiu o projeto para esta peça de cutelaria, sob a responsabilidade da “Administração Federal de Munições da Suíça”, que desenvolveu o protótipo da ferramenta.

A fabricação do canivete suíço foi atribuída à empresa “Schweizer Besteckfabrik” e a sua produção teve início no ano de 1901, baseada no projeto do protótipo.

A denominação “canivete suíço” é uma marca patenteada e as empresas fabricantes deste produto são de origem suíça, a Wenger e Victorinox.

Produto com diversas funcionalidades

O canivete suíço é uma pequena ferramenta, muito fácil de transportar, e que possui inúmeras utilidades. Além de cortar, este tipo especial de canivete serve para abrir o vinho, consertar a haste dos óculos, apertar um parafuso, entre outras utilidades.

Canivete Suíço: ferramenta multiuso usada para diversos fins

Foto: Pixabay

Após o primeiro protótipo, o canivete suíço se popularizou e tornou-se uma peça chave nos bolsos e nos lares de muitas pessoas. Geralmente, este objeto também é usado em atividades profissionais e esportivas, como esportes de aventura (escalada, rafting e outros) e equipes de resgate.

Atualmente, existe mais de 100 modelos diferentes do produto, de formas e ferramentas distintas. Existem também os modelos sob encomenda, como, por exemplo, o bisturi, servindo como brinde para médicos. A versão mais completa de canivete suíço possui 81 funcionalidades, incluindo termômetro, barômetro e altímetro.

A Casa Branca tinha o costume de encomendar este objeto para presentear os visitantes, assim como fazia Henry Kissinger, o secretário de Estado dos EUA entre 1973 e 1977. Após os ataques de 11 de setembro de 2001, o governo dos Estados Unidos da América proibiu o transporte de objetos cortantes em aviões. Esta proibição causou uma crise na empresa Victorinox, que comercializava os seus produtos nos free shops dos aeroportos.

Canivete suíço tecnológico

O termo “canivete suíço” também virou um aplicativo para celulares, que traz vários recursos muito úteis para as atividades do dia a dia.

O aplicativo possui recursos como lanterna, régua, cronômetro, contador de voltas, nível de bolha, calculadora e lupa. O objetivo do programa, assim como o canivete suíço original, é oferecer um produto que seja leve, economize espaço e seja bastante útil.

Embora reúna sete recursos diferentes, o canivete suíço para celulares possui metade do tamanho de uma ferramenta autônoma comum, permitindo a economia de espaço de armazenamento.


Reportar erro