Classicismo

A Era Clássica, compreende também o Classicismo ou Quinhetismo, que foi um período literário que começou junto com o Renascentismo no século XV, em…


A Era Clássica, compreende também o Classicismo ou Quinhetismo, que foi um período literário que começou junto com o Renascentismo no século XV, em meio aos movimentos artísticos, predominado pela cultura clássica, que ocupava o espaço medieval.  Um verdadeiro marco na história, pois engloba o fim da Idade Média e todos os fatores sociais, políticos, econômicos e culturais que marcaram entre os séculos XVI e XVIII.

Classicismo

Foto: Reprodução

No mesmo período aconteceu o fim do sistema feudal, houve também o crescimento do capitalismo, a Reforma Protestante, as grandes navegações e a invenção da imprensa, ajudando na divulgação das obras.  Nessa época, o centro do Universo era o homem, e não Deus. Esse pensamento que influencia o momento clássico. O mundo real é reproduzido, porém é moldado de acordo com que é considerado ideal. Tudo tem que estar em harmonia e refletir ordem, lógica, equilíbrio, simetria, contenção, objetividade, refinamento e decoro. O que predomina nesse período é a razão e não a emoção.

O que diferencia o classicismo da antiguidade são as adaptações aos ideais problemas dos novos tempos. Os primeiros classicistas foram os gregos, depois os romanos, franceses, ingleses e outros povos aderiram ao movimento. No classicismo tem destaque a poesia, a mitologia, os autores, a exaltação da vida no campo e o bucolismo.

Características

O racionalismo está muito presente nesse movimento. A razão é predominante e o sentimento é deixado de lado na hora de se expressar. O homem, nessa época, começa a se preocupar com sí mesmo e não segue mais as regras da igreja, mas a religiosidade não desaparece totalmente. Ele passa a valorizar a vida e a  capacidade própria de cultivar, produzir e conquistar. Apesar se se valorizar, os assuntos pessoais são deixados de lado e a preocupação passa a ser com as verdades universais, apenas aquilo que é de interesse universal é privilegiado. Entre os assuntos que passam a ser importantes, está a perfeição formal, que são as correções gramaticais, métrica e rimas.Outra característica é a presença da mitologia grega, já que os gregos foram os primeiros a adotarem o movimento.

As obras

No Classicismo a presença de adjetivos, a perfeição estética e a pureza da forma está muito evidente. Elas retomam a mitologia pagã e a busca pela beleza ideal. Luíz Vaz de Camões foi o grande nome entre os autores, não só no Classicismo, mas na literatura universal. Ele escrevei poesias líricas e épicas, e também, peças teatrais, a mais conhecida é a epopeia “Os Lusíadas”.

Sá de Miranda, Bernardim Ribeiro e Antonio Ferreira foram os outros autores do Classicismo, porém nenhum teve tanto destaque quanto o histórico Camões.

Com a morte de Camões e a passagem de Portugal ao domínio espanhol, o movimento Classicismo chegou ao fim em 1580.


Reportar erro