Como é fabricado um espelho?

Seu processo de fabricação integra muitas fases, desde a limpeza e polimento, até as reações químicas que proporcionam a concepção dos elementos


Seja por questão de vaidade ou utilidade diversa, a verdade é que o espelho tem lá sua importância no mundo moderno.

Ele pode ser usado na área de decoração, sobretudo na concepção de ambientes domésticos e comerciais; com fins utilitários, como os encontrados nos retrovisores de automóveis ou apenas para refletir a imagem das pessoas.

Seu processo de fabricação integra muitas fases, desde a limpeza e polimento, até as reações químicas que proporcionam a concepção dos elementos.

Para ficar por dentro de cada uma dessas fases, que transformam um simples vidro transparente em um espelho acompanhe a descrição de todo o processo a seguir.

Como é fabricado um espelho?

Foto: depositphotos

Como se fabrica um espelho

O processo de fabricação do espelho começa com a limpeza do vidro com água comum para que todos os resíduos sejam retirados. Na sequência, uma outra máquina usa esguichos para aplicar água desmineralizada (livre de sais minerais) que proporciona uma limpeza mais profunda na superfície do vidro.

Logo depois, o vidro recebe uma camada de prata metálica formada por reações químicas do nitrato de prata. Essa substância adere completamente ao vidro. Essa é uma das fases mais importantes do processo, visto que é através ela que o espelho em si começa a ser formado, já que ela torna o vidro reflexivo.

Todo o processo de fabricação é controlado por computador, já que todos os passos precisam de uma precisão milimétrica para que o produto final obtenha qualidade.

Com a iniciação da terceira etapa do processo, a máquina pulveriza uma camada de tinta preta atrás da superfície, o que vai fazer com que o espelho seja protegido da corrosão. A secagem da tinta é feita de forma acelerada, submetendo o objeto a uma temperatura de 90°.

Para afastar de vez a possibilidade do aparecimento da corrosão são aplicadas duas camadas dessa tinta. Desta vez, o processo de secagem é ainda mais minucioso. Isso porque o vidro é submetido a uma temperatura duas vezes maior que a anterior: 180°. O forno usado no processo é alimentado a gás.

Inspeção

Depois de passar por todos esses processos, chegou a hora de comprovar a qualidade do produto. Para isso, uma pessoa encarregada examina, de forma minuciosa, todos os pontos do espelho. Na percepção de qualquer bolha, por menor que seja na superfície do espelho, o produto é encaminhado para a eliminação da parte.

Depois, chegou a hora de dimensionar os espelhos para atender a demanda dos consumidores. A partir da utilização de uma peça de metal rígida, o espelho é cortado com a precisão comum das máquinas. De forma manual, os pedaços são separados e embalados.


Reportar erro