Complexo regional do Nordeste

O complexo regional do Nordeste é uma das três regiões geoeconômicas do Brasil e abrange 10 estados do país. Conheça as características da região


Denomina-se Complexo regional do Nordeste, uma das três regiões geoeconômicas do Brasil, ao lado do Centro-sul e da Amazônia. Estende-se por uma área de aproximadamente 1.542.271 km², com uma população total de aproximadamente 43 milhões de habitantes, abrangendo inteiramente os estados do Alagoas, Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe, além do norte de Minas Gerais e o leste do Maranhão.

O Nordeste possui uma elevada pluralidade e, devido às características do clima, vegetação e população, a região brasileira também foi dividida em outras quatro sub-regiões: Sertão, Zona da Mata, Agreste e Meio Norte.

Relevo

O relevo nordestino é caracterizado majoritariamente por planaltos, além de algumas planícies e depressões interplanálticas, como a Depressão Sertaneja. Na porção oeste, estão localizados os planaltos e chapadas da bacia do rio Parnaíba, destacando-se a Chapada Diamantina, na Bahia; na porção central está a depressão causada pelo rio São Francisco e que ocupa a maior parte da região Nordeste; no litoral encontram-se as planícies e tabuleiros; e, numa parte leste, está localizado o planalto da Borborema, um dos principais responsáveis pela seca, pois impede que as chuvas cheguem ao sertão.

Hidrografia

A rede fluvial do complexo regional do Nordeste apresenta, em sua maioria, rios intermitentes, que secam durante boa parte do ano. Ainda assim a região possui um bom potencial hidrelétrico, contando com a presença de usinas geradoras de energia, como a de Sobradinho, Três Marias, Itaparica, Paulo Afonso (I, II, III e IV) e a de Xingó.

O rio principal, o São Francisco, é um dos maiores do Brasil e é muito utilizado para irrigação de lavouras, transporte e abastecimento de populações ribeirinhas. O rio São Francisco corta desde o sul da região, passa pelo interior e deságua no Oceano Atlântico.

Complexo regional do Nordeste

Imagem: Reprodução/ Embrapa

Clima

Devido à proximidade com a linha do Equador, o clima do complexo regional do Nordeste é o tropical. O relevo contribui para o clima semiárido na porção central e, no litoral, está presente o clima tropical úmido.

O clima tropical caracteriza-se por médias de temperaturas muito altas, com muitas chuvas numa parte do ano, e seca em outra. O semiárido apresenta elevadas temperaturas e poucas chuvas, distribuídas de formas irregulares durante o ano.

O semiárido é característico do Agreste e do Sertão; o clima tropical está presente na Zona da Mata; e, nas localidades mais próximas à Amazônia, encontramos o clima equatorial úmido.

Vegetação

Os tipos de vegetação predominantes do complexo regional do Nordeste são a Caatinga e a Mata Atlântica. Na área em que o clima é tropical, a vegetação encontrada é a de cerrado, caracterizada por árvores de pequeno porte e arbustos.

Na faixa de terra em que o clima é semiárido, está a caatinga, caracterizada por um aspecto desértico, com a presença de cactos e plantas secas.

Na zona oeste está a Mata dos Cocais, com um maior desenvolvimento das plantas, devido à proximidade com o clima equatorial. No litoral, encontramos a Mata Atlântica.


Reportar erro