Compostos iônicos – Propriedades e características

Confira alguns exemplos de compostos iônicos e descubra quais as principais propriedades e características deste tipo de ligação química entre átomos


Propriedades como dureza, resistência, condutibilidade, se devem ao tipo de ligação que os átomos de certos compostos fazem. São três os tipos de ligações químicas realizadas entre átomos, iônica, covalente e metálica. Existe uma teoria chamada teoria eletrônica de Valencia que explica a lógica que se tem na união entre átomos. Ela consiste basicamente na ideia de que um átomo só adquire estabilidade quando possui oito elétrons na sua camada de Valencia, para isso, muitas vezes ele precisará compartilhar, ceder ou capturar elétrons, tudo isso dependendo do tipo de elemento e de qual família ele pertence.

A ligação iônica ocorre entre átomos de metais com átomos de não metais. Os metais tem tendência a perder elétrons por só conter até três elétrons na camada de Valencia; já os não metais possuem tendência de ganhar para completar seu octeto, pois precisam nesses casos de três a um elétron apenas. Quando se forma o composto, este irá apresentar polos, um positivo e um negativo que surgem devido a diferença de eletronegatividade existente entre os átomos.

Compostos iônicos - Ligação iônica

Imagem: Reprodução

Características

  • Possuem pontos de fusão e ebulição elevados, isso se deve a intensidade das ligações que são fortes por terem grande diferença de eletronegatividade, fazendo com que a ligação seja difícil de romper para serem atingidos tais pontos.
  • São sólidos devido à disposição do seu arranjo cristalino.
  • São compostos duros, ou seja, que impõem resistência, mas podem ser maleáveis e dúcteis.
  • Conduzem eletricidade quando dissolvidos em água. Existe a presença de íons, ou seja, cargas negativas e positivas que permitem a passagem de corrente elétrica.

Exemplos de compostos iônicos

Compostos iônicos - Sal de cozinha

Imagem: Reprodução

NaCl (Cloreto de sódio): o sal de cozinha usado para temperar comidas.

MgCl2 (Cloreto de magnésio): sal usado para fins culinários, terapêuticos e até industriais.

KBr (Brometo de potássio): fornece íons que são importantes para a fabricação de filme fotográfico.

CaCO3 (Carbonato de cálcio): usado na produção de vidro e em reações para criar sabão e detergente.

Na2SO4 (Sulfato de sódio): pode ser usado em vários processos industriais, como na produção de corantes para tecidos; também usado na medicina como laxante.


Reportar erro