Computador químico: ferramenta para cálculos complexos

Descubra o que é um computador químico e saiba como essa tecnologia pode ajudar no estudo da área da química


O computador químico é como é denominado o computador usado por profissionais químicos para a química computacional, auxiliando nos cálculos de alta complexidade, além do armazenamento de informações de pesquisa.

Alguns cálculos químicos têm grande dificuldade para serem feitos convencionalmente, como é o caso de mecânica quântica. Pode ser útil, nesse caso, para o teste de produtos e novas moléculas sintetizadas, mesmo que ainda não estejam prontos. Isso ajuda a evitar gastos que são inúteis. Um computador programado para fazer análises apuradas que, normalmente, são caras e demoradas, evita não só os gastos, mas também a perda de tempo.

Esse computador foi construído com base em uma sequência de reações químicas oscilantes que recebem o nome de Reações de Belousov-Zhabotinsky (Também chamadas de reações BZ). Essas reações são de oxi-redução e foram descobertas por Boris Pavlovich Belousov, um bioquímico russo, no ano de 1950, mas aperfeiçoadas 11 anos depois por Anatol Zhabotinsky, um estudante da Universidade de Moscou.

Computador químico: ferramenta para cálculos complexos

Foto: Reprodução/ Site Unoeste

Química

A química tem um crescimento diário em divisões, sendo que atualmente existem aproximadamente 1 milhão de compostos inorgânicos e mais de 16 milhões de compostos orgânicos. Esse número ainda continuará crescendo, uma vez que os químicos estão sempre trabalhando no isolamento de novos compostos, e cada vez se tornará mais difícil armazenar os dados em computadores convencionais.

A partir dessa ideia que os químicos que formam uma equipe de cientistas na Universidade West England, localizada em Bristol, liderados por Adamatzky Andrew, começaram a desenvolver pesquisas que tornaram possível a construção desse computador químico, que é capaz de, não apenas armazenar o máximo possível de conhecimento em torno da química, mas também de armazenar o conhecimento, o que facilita o acesso de químicos e pesquisadores diversos ao conhecimento no mundo todo.

Apesar de não ser uma ideia totalmente nova, foi atualmente que essa equipe descobriu que os computadores químicos podem resolver problemas em geometria computacional.

Trata-se de uma coleção de pequenas bolsas químicas denominadas vesículas, que podem produzir e combinar ondas emitidas pela Reação BZ – como explicado anteriormente –.

História

As reações químicas eram vistas, originalmente, como um simples movimento que buscava um equilíbrio estável, e isso não foi muito promissor para a computação. Mas isso mudou após a descoberta de Boris Pavlovich Belousov, como mencionado anteriormente. A reação química que esse cientista criou girava em torno de diversos e diferentes sais e ácidos, que eram capazes de variar suas cores entre amarelo e transparente, de acordo com a concentração dos componentes.

Isso era considerado impossível, mas as modernas análises teóricas mostraram atualmente que as reações complicadas podem abranger fenômenos ondulatórios sem quebrar as leis da natureza.


Reportar erro