Confucionismo

Chamamos de confucionismo a ideologia religiosa e sociopolítica de Koung Fou Tseu. O Nome foi dado, pois seu nome grafado na língua latina é…


Chamamos de confucionismo a ideologia religiosa e sociopolítica de Koung Fou Tseu. O Nome foi dado, pois seu nome grafado na língua latina é Confúcio. O sistema filosófico tem como preocupações principais a moral, a política, a pedagogia e a religião. A ideologia, conhecida pelos chineses como “ensinamentos dos sábios” é fundamentada nos ensinamentos de um mestre, e encontrou uma continuidade histórica única.

Considerado também, além de ideologia política, uma filosofia, ética social, tradição literária e modo de vida, o confucionismo foi assumido como uma doutrina oficinal na China por mais de 25 séculos. Nos dias de hoje, aproximadamente 25% da população chinesa é adepta declarada ao confucionismo.

Confucionismo

Foto: Reprodução

Ideais da filosofia

A busca do Tao, caminho superior, é a principal ideia que rege os seguidores do confucionismo. Acredita-se que por este caminho será possível ter uma vida equilibrada e boa, além de viver em um equilíbrio entre as vontades materiais – como os prazeres, bens, objetos, desejos -, e as do céu.

Os valores praticados dentro do confucionismo são a disciplina, o estudo, a consciência política, o trabalho e o respeito aos valores morais. Apesar de não ser considerada uma religião, existem templos confucionistas em que os seguidores da filosofia realizam rituais de ordem social. Como núcleo do confucionismo, está a humanidade. Ele pode ser explicado, de forma simplificada, com a análise do mundo usando a lógica da humanidade.

Para o confucionismo, os seres humanos são formados por quatro dimensões: o eu, a comunidade, a natureza e o céu. São necessárias, ainda, cinco virtudes essenciais para viver conforme o confucionismo: amar ao próximo, ser justo, ter comportamento adequado, ter consciência da vontade dos céus e cultivar a sabedoria e a sinceridade.

Um dos ditos do confucionismo revela a sua indiferença aos bens materiais na busca da felicidade: “Mesmo nas situações mais pobres, uma pessoa que vive corretamente será feliz. Coisas mal adquiridas sempre trarão tristeza.”

Efeitos na sociedade

O confucionismo conseguiu grande sucesso, como uma filosofia moral que gerou grande impacto na estrutura social e cotidiana da sociedade. Alguns de seus valores foram inseridos de forma definitiva nos ensinamentos e na vida da civilização, sendo levadas da antiguidade até os dias atuais. Entre eles, o valor ao estudo, à disciplina, à ordem, à consciência política e ao trabalho, que transformam a educação dos chineses até os dias de hoje.

Os adeptos do confucionismo têm a liberdade de acreditar em qualquer sistema religioso que não vá contra as regras de respeito mútuo e etiqueta pessoal, e, como não é uma religião, não possui um credo estabelecido, apenas determinações rituais de caráter social.

Em diversos países o confucionismo é praticado atualmente, pois são regras sociais que disciplinam o homem e o tornam uma pessoa equilibrada, melhor para si mesma e para a sociedade.


Reportar erro