Conheça a Universidade Federal do Ceará (UFC)

Esta faculdade é composta por 119 cursos de graduação, 94 de pós-graduação e mais de 700 ações de extensão que beneficiam todo o estado e região


Com mais de 50 anos de existência, a Universidade Federal do Ceará (UFC) foi criada pela Lei nº 2.373, em 16 de dezembro de 1954, porém só foi instalada em 25 de junho de 1955.

No início, regida pelo professor Antônio Martins Filho, a instituição contava com os cursos de Agronomia, Direito, Medicina, Farmácia e Odontologia. Atualmente, a faculdade é composta por 119 cursos de graduação, 94 de pós-graduação e mais de 700 ações de extensão que beneficiam todo o estado e região.

UFC: missão, estrutura e cursos

A universidade tem como objetivo formar profissionais da mais alta qualidade, ao mesmo tempo que deseja difundir as linguagens científicas, artísticas e culturais por todo o estado do Ceará. Além disso, a instituição pretender ajudar na construção do desenvolvimento do Estado, da região Nordeste e de todo o Brasil.

conheca-a-universidade-federal-do-ceara-ufc

Foto: reprodução/site Mapio

Hoje em dia a faculdade é formada por sete campus, sendo três localizados em Fortaleza, são eles Campus do Benfica, Campus do Pici e Campus do Porangabuçu. Além deles, há também o Campus de Sobral, Campus de Quixadá, Campus de Crateús e Campus de Russas, todos nas respectivas cidades do interior do Ceará.

Nestes prédios estão distribuídos 119 cursos, sendo 110 presenciais e nove a distância. Da pós-graduação há 41 mestrados acadêmicos, sete mestrados profissionais e 36 doutorados. De todos os cursos ofertados, pode-se destacar alguns deles como Administração, Arquitetura e Urbanismo, Dança, Design, Direito, Engenharia Civil, Jornalismo, Letras, Medicina, Música, Odontologia, Psicologia, Publicidade e Propaganda, Teatro etc.

Destaques da UFC

Além dos cursos, a Universidade Federal do Ceará conta com um programa de extensões que ocorrem em forma de projetos, eventos, programas, prestação de serviços etc. Este tipo de trabalho prestado pela UFC é desenvolvido levando em consideração alguns pontos como comunicação, cultura, direitos humanos, educação, meio ambiente, saúde, tecnologia e trabalho.

Outra ressalva sobre esta instituição é a respeito de um curso oferecido por ela, a Licenciatura Intercultural Indígena das Etnias Pitaguary, Tipeba, Kanindé de Aratuba, Jenipapo-Kanindé e Anacé (LII PITAKAJÁ), que estuda diversas tribos,sendo uma das poucas instituições do país a viabilizar essa formação.


Reportar erro