Conheça a Universidade Federal do Paraná (UFPR)

A Universidade demonstra sua importância e excelência através dos cursos de graduação, especialização, mestrado e doutorado que oferece


A Universidade Federal do Paraná (UFPR) é a mais antiga instituição de ensino com concepção de universidade do Brasil. Fundada em 19 de dezembro de 1912, a trajetória da instituição, ao longo dos anos, é marcada por grandes feitos, sobretudo em relação à história de desenvolvimento do Estado do Paraná.

Símbolo maior da intelectualidade paranaense, a Universidade demonstra sua importância e excelência através dos cursos de graduação, especialização, mestrado e doutorado, que são norteados pelo princípio da indissociabilidade entre Ensino, Pesquisa e Extensão.

Além dos campi em Curitiba, a UFPR está presente no interior e no litoral do estado, tendo papel ativo no desenvolvimento sócio-econômico e na qualidade de vida do paranaense, por meio do acesso à educação superior e das atividades desempenhadas pela comunidade acadêmica em prol da sociedade do Paraná e do Brasil.

conheca-a-universidade-federal-do-parana-ufpr

Foto: reprodução/Wikipedia

A instituição oferta 113 cursos de graduação, 68 de mestrado, 43 de doutorado, 62 de especialização lato sensu, além de residências médicas, cursos técnicos e à distância.

UFPR na história

A Universidade Federal do Paraná nasceu a partir do sonho antigo do político Rocha Pombo. No ano de 1892 foi lançada a pedra fundamental, na Praça Ouvidor Pardinho, que mais tarde se transformaria em uma das mais relevantes instituições de ensino do Brasil.

Devido à instabilidade gerada pela Revolução Federalista que ocorria no Sul do Brasil em função da divergência entre as elites federalistas e republicanas, o projeto não foi adiante.

No ano 1912, foi avaliado que o Paraná precisava de mais profissionais qualificados. A partir daí, iniciou-se um movimento pró-Universidade do Paraná. Nessa época, as lideranças políticas também se mobilizaram em prol da criação da universidade. No dia 19 de dezembro de 1912, Victor Ferreira do Amaral e Silva liderou a criação efetiva da Universidade do Paraná.

Em 1913, a universidade começou a funcionar como instituição particular. Os primeiros cursos ofertados foram Ciências Jurídicas e Sociais; Engenharia; Medicina e Cirurgia; Comércio; Odontologia; Farmácia e Obstetrícia. Após ter fundado a Universidade do Paraná, Victor Ferreira do Amaral – que foi também seu primeiro reitor – iniciou com empréstimos a construção do prédio central, na Praça Santos Andrade, em terreno doado pela prefeitura.

Com a Primeira Guerra Mundial (1914) vieram a recessão econômica e as primeiras dificuldades. Dentre elas uma lei que determinava o fechamento das universidades particulares, numa tentativa do Governo Federal de centralizar o poder sob as instituições de ensino superior. A forma encontrada para evitar o fechamento da universidade foi desmembrar a Instituição em faculdades autônomas, cada uma reconhecida individualmente pelo governo.

Durante cerca de 30 anos buscou-se restaurar a universidade, objetivo alcançado no fim da década de 40, quando as faculdades existentes, acrescidas da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, foram reunidas como a Universidade do Paraná.

Restaurada a universidade, em 1946 iniciou-se a batalha pela sua federalização. Flávio Suplicy de Lacerda, reitor à época, mobilizou as lideranças do Estado e, em 1950, passou a chamar-se Universidade Federal do Paraná.

Na ocasião, adotou-se o tripé Ensino, Pesquisa e Extensão, norteando as atividades da universidade em direção ao desenvolvimento da comunidade em que está inserida. Com sua federalização, a instituição passou por uma fase de expansão. A construção do Hospital de Clínicas (1953), do Complexo da Reitoria (1958) e do Centro Politécnico (1961) representaram sua consolidação.

Missão

Ao longo de todos esses anos atuando em prol da educação do povo paraense, a UFPR tem o objetivo de fomentar, construir e disseminar o conhecimento, contribuindo para a formação do cidadão e desenvolvimento humano sustentável. Para isso, o corpo docente que forma a universidade carrega alguns valores.

Entre os mais relevantes estão: comprometimento com a construção do saber e formação de profissionais competentes e compromissados socialmente; preservação e disseminação da cultura brasileira; proposição de políticas públicas; gestão participativa, dinâmica e transparente e respeito aos critérios institucionais usados na alocação interna de recursos.

Reputação

A UFPR aparece em diversos rankings como uma das melhores instituições de ensino superior do Brasil, uma das poucas a ser mencionada também em classificações internacionais.

No Ranking Universitário Folha de 2013, conquistou o 9º lugar geral e o 6º lugar em inovação. Já na edição 2013 do QS World University Rankings, situa-se entre as melhores universidades do mundo e em 37º lugar entre as instituições latino-americanas.

Na pós-graduação, segundo a última Avaliação Trienal da CAPES (2010–2012), sete de seus programas foram classificados como de excelência e nível internacional, com conceito 6 (Física, Entomologia, Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia, Bioquímica, Química, Direito e Desenvolvimento Econômico), treze com conceito 5 (muito bom) e os demais com conceitos 4 e 3, perfazendo 66 programas avaliados no total.


Reportar erro