Conheça as principais letras de músicas juninas

Várias músicas de São João podem ser usados nas festas para garantir que a sua quadrilha seja a mais animada da palhoça. Conheça alguns dos maiores sucessos


É impossível pensar no São João e automaticamente não lembrar das comidas, fogueira e, é claro, de muita dança. E nada melhor do que unir dois corpos para um forró, alegrando ainda mais a festa e, de quebra, aproveitando para aquecer o corpo na época mais fria do ano. Existem vários hinos juninos que podem ser usados nas suas festas para garantir que a sua quadrilha seja a mais animada da palhoça.

Conheça as principais letras de músicas juninas

Ilustração: Depositphotos

Conheça a seguir alguns dos maiores sucessos:

Olha Pro Céu- Luiz Gonzaga

Olha pro céu, meu amor
Vê como ele está lindo
Olha praquele balão multicor
Como no céu vai sumindo

Olha pro céu, meu amor
Vê como ele está lindo
Olha praquele balão multicor
Como no céu vai sumindo

Foi numa noite igual a esta
Que tu me deste o coração
O céu estava assim em festa
Pois era noite de São João

Havia balões no ar
Xote, baião no salão
E no terreiro o teu olhar
Que incendiou meu coração

Olha pro céu, meu amor
Vê como ele está lindo
Olha praquele balão multicor
Como no céu vai sumindo

Olha pro céu, meu amor
Vê como ele está lindo
Olha praquele balão multicor
Como no céu vai sumindo

 

Sonho de papel – Carlos Braga e Alberto Ribeiro

O balão vai subindo, vem caindo a garoa.
O céu é tão lindo e a noite é tão boa.
São João, São João!
Acende a fogueira no meu coração.

Sonho de papel a girar na escuridão
Soltei em seu louvor no sonho multicor.
Oh! Meu São João.

Meu balão azul foi subindo devagar
O vento que soprou meu sonho carregou
Nem vai mais voltar.

 

Quadrilha é bom – Marinês

Quadrilha é bom
Quadrilha é bom
Quadrilha é dança que não tem na capital
No sertão tocou quadrilha
Todo mundo vai dançar

Grita alavantu
Grita anarrie
Grita chame dama
E cham de demanarriê
Torna a ir pra lá
Torna a vir pra cá
Que no balance
Vamos até o sol raiar

Bota as mãos pra cima
Descansa nas cadeiras
Da uma meia volta
Sem sair da brincadeira
Torna a levantar
Torna a descansar
A quadrilha é bom
Pra quem quer mudar de par

 

A Filha do Seu Faceta – Os Trapalhões

Ô pai eu quero me casar…
Oh minha filha, você diga com quem…
Eu quero me casar com o motorista
Com o motorista você não casa bem!

Porque papai?

O motorista aperta muito na buzina
depois vai apertar você também.

Papai eu quero me casar.
Oh minha filha, você diga com quem.
Eu quero me casar com o economista…
Com o economista você não casa bem!

Porque papai?

O economista mexe muito nas poupança
e depois vai mexer nas sua também!

Papai eu quero me casar…
Oh minha filha, você diga com quem…
Eu quero me casar com o leiteiro
Com o leiteiro você não casa bem!

Porque papai?

O leiteiro tira o leite das vacas
e depois vai desmamar você também!

Papai eu quero me casar…
Oh minha filha, você diga com quem…
Eu quero me casar com o Marlon Brando
Com o Marlon Brando você não casa bem!

Porque papai?

o Marlon Brando manteigo a Maria Shinaida
e depois vai manteigar você também!

Papai eu quero me casar…
Oh minha filha, você diga com quem…
Eu quero me casar com o Chico Coco
Com o Chico Coco você não casa bem!
Por que papai?

O Chico Coco aperta muito a Paloma
Depois vai palomar você também!

Papai eu quero me casar…
Oh minha filha, você diga com quem…
Eu quero me casar com o Ney Mato Grosso
Com o Ney Mato Grosso aí se casa bem!

Ué papai?

Ney Matogrosso vira homem-lobisomem
mas quando é homem não faz mal a ninguém!

 

O sanfoneiro só tocava isso – Tonico e Tinoco

O baile lá na roça foi até o sol raiar
A casa tava cheia mal se podia andar
Estava tão gostoso aquele reboliço
Mas é que o sanfoneiro só tocava isso.
De vez em quando alguém vinha pedindo pra mudar
O sanfoneiro ria querendo agradar,
Diabo que a sanfona tinha qualquer enguiço
Mas é que o sanfoneiro só tocava isso.

 

Olha pro céu meu amor – Luiz Gonzaga

Olha pro céu, meu amor
Vê como ele está lindo
Olha praquele balão multicor
Como no céu vai sumindo

Olha pro céu, meu amor
Vê como ele está lindo
Olha praquele balão multicor
Como no céu vai sumindo

Foi numa noite igual a esta
Que tu me deste o coração
O céu estava assim em festa
Pois era noite de São João

Havia balões no ar
Xote, baião no salão
E no terreiro o teu olhar
Que incendiou meu coração

Olha pro céu, meu amor
Vê como ele está lindo
Olha praquele balão multicor
Como no céu vai sumindo

Olha pro céu, meu amor
Vê como ele está lindo
Olha praquele balão multicor
Como no céu vai sumindo

 

Isto é Lá Com Santo Antônio – Lamartine Babo

Eu pedi numa oração
Ao querido São João
Que me desse um matrimônio
São João disse que não!
São João disse que não!
Isto é lá com Santo Antônio!
Eu pedi numa oração
Ao querido São João
Que me desse um matrimônio
Matrimônio! Matrimônio!
Isto é lá com Santo Antônio!
Implorei a São João
Desse ao menos um cartão
Que eu levava a Santo Antônio

São João ficou zangado
São João só dá cartão
Com direito a batizado
Implorei a São João
Desse ao menos um cartão
Que eu levava a Santo Antônio
Matrimônio! Matrimônio!
Isso é lá com Santo Antônio!
São João não me atendendo
A São Pedro fui correndo
Nos portões do paraíso
Disse o velho num sorriso:
Minha gente, eu sou chaveiro!
Nunca fui casamenteiro!
São João não me atendendo
A São Pedro fui correndo
Nos portões do paraíso
Matrimônio! Matrimônio!
Isso é lá com Santo Antônio

 

Rindo à toa – Falamansa

Tô numa boa
Tô aqui de novo
Daqui não saio
Daqui não me movo
Tenho certeza
Esse é o meu lugar
Aah Aha

Tô numa boa
Tô ficando esperto
Já não pergunto
Se isso tudo é certo
Uso esse tempo pra recomeçar
Aah Aha

Doeu, doeu, agora não dói
Não dói, não dói
Chorei, chorei
Agora não choro mais

Toda mágoa que passei
É motivo pra comemorar
Pois se não sofresse assim
Não tinha razões pra cantar

Ha ha ha ha ha
Mas eu tô rindo à toa
Não que a vida
Esteja assim tão boa
Mas um sorriso ajuda a melhorar
Aah Aha

E cantando assim
Parece que o tempo voa
Quanto mais triste
Mais bonito soa
Eu agradeço por poder cantar
Lalaiá laiá laiá Iê

Escrevi seu nome na areia
O sangue que corre em mim sai da tua veia
Veja só
Você é a única que não me da valor
Então porque será que esse valor é o que eu ainda quero ter

Tenho tudo nas mãos mais não tenho nada
Então melhor ter nada e lutar pelo que eu quiser
É mais pera aê ouço o forró tocando e muita gente aê
Não é hora pra chorar

Porém não é pecado se eu falar de amor
Se eu canto sentimento seja ele qual for
Me leve onde eu quero ir
Se quiser também pode vir

Escuta meu coração que bate no compasso
Da zabumba de paixão

É pra surdo ouvir,
Pra cego ver
Que esse xote faz milagre acontecer
É pra surdo ouvir,
Pra cego ver
Que esse xote faz milagre acontecer
É pra surdo ouvir
Pra cego ver
Que esse xote faz milagre acontecer
É pra surdo ouvir
Pra cego ver
Falamansa faz milagre acontecer
É pra surdo ouvir
Pra cego ver
Falamansa faz milagre acontecer
É pra surdo ouvir
Pra cego ver
Que esse xote faz milagre acontecer
É pra surdo ouvir
Pra cego ver
Que esse xote faz milagre acontecer

 

Dominguinhos – Eu só quero um xodó

Que falta eu sinto de um bem
Que falta me faz um xodó
Mas como eu não tenho ninguém
Eu levo a vida assim tão só

Eu só quero um amor
Que acabe o meu sofrer
Um xodó pra mim do meu jeito assim
Que alegre o meu viver

Que falta eu sinto de um bem
Que falta me faz um xodó
Mas como eu não tenho ninguém
Eu levo a vida assim tão só

Eu só quero um amor
Que acabe o meu sofrer
Um xodó pra mim do meu jeito assim
Que alegre o meu viver


Reportar erro