Conheça o complexo regional da Amazônia

Esse espaço é a maior divisão de complexo do Brasil, abrangendo integral e parcialmente nove estados. Entenda seus aspectos físicos e socioeconômicos


O território brasileiro pode ser dividido em regiões e complexos. Por regiões, o Brasil é separado em cinco: Norte, Sul, Centro-Oeste, Nordeste e Sudeste.

Mas pode ser separado por complexos regiões, nesse caso a divisão é em três: Centro-Sul, Nordeste e Amazônia.

Neste artigo, o Estudo Prático vai explicar quais são as características do complexo regional da Amazônia. Como ele foi formado e a partir de quais critérios socieconômicos essa região existe.

conheca-o-complexo-regional-da-amazonia

Foto: depositphotos

Composição do complexo da Amazônia

Amazonas, Acre, Amapá, boa parte do Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima, oeste do Maranhão e Tocantins (com exceção do sul desse estado), fazem parte do complexo regional da Amazônia.

Essa é a maior área, tendo uma região de aproximadamente 4,9 milhões de km², isso representa 60% do território do Brasil. Apesar disso, é a menos populosa, com apenas 7% de toda a população nacional.

Esse pequeno número populacional é justificado por dois principais motivos. Um deles tem a ver com o passado colonial que essa região teve com os portugueses, que privilegiaram outras áreas.

Por outros lado, a predominância de elementos naturais nesse espaço também contribuiu para os menores índices de povoamento.

Características naturais dessa região

O relevo, hidrografia, clima e vegetação do complexo regional da Amazônia são aspectos bem únicos de toda essa área.

Por exemplo, os territórios dos estados que o compõe são de baixas altitudes, isso porque são compostos de planícies fluviais de rios famosos, como o Amazonas e Araguaia, e das depressões.

Tem como característica marcante a parte da hidrografia, uma vez que possui a maior bacia hidrográfica do mundo, que só no Brasil está 4 milhões dos 7 milhões de km² que ela possui no total.

Já o clima é equatorial, sendo quente e úmido ao mesmo tempo. A vegetação é predominantemente Equatorial, tendo a Floresta Amazônica como símbolo, é a floresta mais diversificada do Planeta.

Atividades econômicas desse complexo

Até 1970, o extrativismo vegetal era uma das atividades mais importantes da região amazônica. Principalmente no que se refere a extração de látex oriundas das áreas de seringais.

Além disso, a coleta de castanha-do-pará e outras especiarias locais também faziam parte do ofício dos moradores. Atualmente a agropecuária e a mineração deixaram o extrativismo como uma segunda fonte de renda.

A produção agrícola é pautada na produção de pimenta-do-reino e também no cultivo de plantas que tem como finalidade a produção de materiais para a indústria têxtil.

Além disso, há a monocultura de soja, a criação de gado em grandes áreas e também importantes jazidas de minérios. Tudo isso vem contribuindo para a degradação das áreas verdes dessa área.


Reportar erro