Conheça a tabela periódica que mostra para que serve cada elemento

A posição dos elementos químicos continua a mesma, começando pelo hidrogênio até chegar no 118, o ununóctio. A diferença é que nesta versão há desenhos


Em algumas escolas, os estudantes têm o primeiro contato com a tabela periódica antes mesmo de chegarem no Ensino Médio. Porém, são tantos os elementos, muitas vezes com nomes complicados e cheios de números que acabam dificultando o aprendizado e a memorização por parte dos alunos. Assim, as crianças perdem logo o interesse pelas aulas de química.

Pensando nesta realidade que atinge muitos estudantes, o desenhista americano, Keith Enevoldsen, que mora em Seattle, desenvolveu uma nova versão para a tabela periódica.

Com várias cores e desenhos didáticos, o estudo dos elementos químicos fica mais fácil e tem agradado pais, alunos e até mesmo professores. A intenção do trabalho? Enevoldsen explica ao site da BBC: “Quero que as crianças saibam que aprender os elementos químicos pode ser divertido.”

Como funciona a tabela periódica de Enevoldsen?

conheca-tabela-periodica-que-mostra-para-que-serve-cada-elemento

Foto: Reprodução/site Elements Wlonk

A posição dos elementos químicos continua a mesma, começando pelo hidrogênio até chegar no 118, o ununóctio, recentemente chamado de oganessono. O que realmente muda na versão criada por Enevoldsen, é que ele utiliza de cores mais atrativas e de desenhos nítidos, simbolizando cada elemento. “Nasci em 1956. Quando era criança, gostava das tabelas periódicas com figuras, mas elas nunca tinham boas imagens de todos os elementos”, conta o desenhista em entrevista ao site da BBC.

Ainda segundo o artista, o livro de Isaac Asimov, chamado de Building Blocks of the Universe (“Blocos de construção do Universo”, em tradução livre) também o ajudou na preparação da tabela interativa, tendo em vista que a obra trazia a tona conteúdo sobre os elementos químicos, bem como as suas utilizações.

Foi a partir de então que Enevoldsen constitui a sua versão da tabela, usando desenhos de objetos ou elementos da natureza que simbolizava cada elemento químico. Em outras palavras, as imagens mostram para que serve cada elemento. Por exemplo, o tântalo para produzir celulares, escândido na produção do alumínio das bicicletas, o nióbio em trens modernos etc.

“Espero que, graças a essa tabela, as crianças queiram conhecer os elementos como se estivessem conhecendo um novo amigo”, afirma o desenhista americano. “E quero que as ilustrações e palavras facilitem lembrar das informações. Na próxima vez que virem a palavra estrôncio, por exemplo, vão poder dizer: Ahhh, estrôncio é o que usam nos fogos de artifício…”, completa Enevoldsen.

Por enquanto o trabalho do artista não está disponível em português, mas pode ser encontrado no site.


Informar erro