Continentalidade e maritimidade

A continentalidade corresponde a um fator climático que diz respeito à distância do oceano. Já a maritimidade significa a proximidade de oceanos e mares.…


A continentalidade corresponde a um fator climático que diz respeito à distância do oceano. Já a maritimidade significa a proximidade de oceanos e mares. Ambos têm relação direta com o clima de uma determinada região, sobretudo na variação de temperatura e umidade.

Continentalidade e maritimidade

Foto: Reprodução

A continentalidade

Ao passo que se está mais distante do oceano, menor prevalece a umidade do ar e o índice pluviométrico (incidência de chuvas). Ou seja, configura-se assim uma considerável influência da continentalidade.

Em regiões interioranas, aquelas que estão a quilômetros de distância dos oceanos, a variação de temperatura durante o dia tende a ser maior, inclusive no verão e inverno.

As variações de temperatura se dão, sobretudo, em regiões localizadas longe de grandes massas de água, uma vez que a terra desprende calor de forma mais rápida do que a água.

Comparando a dessemelhança entre a temperatura máxima e a mínima de um dia qualquer em uma região interiorana – com predominância da continentalidade – e a de uma litorânea – com predominância da maritimidade -, se perceberá que tal diferença será consideravelmente maior na primeira região.

A maritimidade

Influenciada pela maritimidade por estar próxima de extensas massas de água (mares e oceanos), uma determinada região terá maior umidade do ar e índice pluviométrico e baixa variação de temperatura ao passo que estiver mais próxima do oceano. Durante estações como inverno e verão, esta mesma variação pode ser notada.

Devido a água levar mais tempo para desprender calor do que a terra, a amplitude térmica – diferença entre a temperatura máxima e a mínima – de regiões próximas a oceanos é consideravelmente menor. De tal modo que o calor é retido durante o período noturno, o que faz com que as temperaturas não caiam tanto como em áreas interioranas.

Influência no território brasileiro

Caracterizado por possuir um extenso território litorâneo e continental, o Brasil tem um clima fortemente influenciado pela continentalidade e pela maritimidade. Carregadas de umidade, por exemplo, as massas de ar que se constituem no oceano Atlântico atingem as áreas do nosso litoral.

Diferentemente das regiões costeiras, o interior brasileiro é caracterizado pela continentalidade, com predominância de baixa umidade do ar. Exceto a região da Amazônia, onde devido a extensa área de vegetação ocorre uma retenção de umidade.


Reportar erro