Cretáceo

Conheça as principais mudanças que aconteceram durante o período Cretáceo no Planeta Terra, e saiba como isso influenciou o planeta como conhecemos hoje


A história geológica da Terra é dividida por eras, sendo elas o Pré-cambriano, Paleozoico, Mesozoico e Cenozoico. Fora o Pré-cambriano, todas as demais eras foram divididas por períodos. Especificamente neste artigo, o Estudo Prático vai focar em uma das fases do Mesozoico, isto é, o Cretáceo, período compreendido, aproximadamente, entre 145 e 65 milhões de anos.

Características do Cretáceo

Este período geológico é a última fase da era Mesozoica, sendo antecedida pelo Jurássico e Triássico, respectivamente. Foi chamado de Cretáceo, porque a palavra vem do latim cretaceus, tendo como significado duas expressões “relativo a argila” ou “calcário esbranquiçado”. Desta maneira foi possível caracterizar as rochas brancas que surgiram durante o tempo de duração desta etapa.

É importante lembrar que este período ainda pode ser dividido em dois, o Cretáceo Superior (145 a 100 milhões de anos) e o Cretáceo Inferior (100 a 65 milhões de anos). Sendo este primeiro marcado pelas características geológicas e flora. Já o segundo, remete-se ao desenvolvimento da fauna.

Cretáceo

Foto: Reprodução/ internet

O que estava ocorrendo na Terra neste período?

Três acontecimentos marcaram o Cretáceo, foram eles: o auge das espécies de dinossauro, o desenvolvimento das plantas e a divisão da Pangeia. No caso dos dinossauros, foram surgindo vários animais, chegando a um nível de população grande desta espécie. Ao mesmo tempo em que há um crescimento populacional destes répteis, é possível perceber também a evolução das plantas, com a chegada das angiospermas, espécies com flores e frutos.

Outro aspecto bastante importante desta época, foi a divisão dos continentes como hoje conhecemos. Devido a separação tectônica, algumas partes da Terra foram se separando e dando início a formação dos continentes.

Fim do Cretáceo

O final deste período foi dramático para todos os seres vivos da Terra, principalmente para os maiores animais. Isto porque, de acordo com os historiadores e demais estudiosos,

 

no fim do Cretáceo o

Foi no final deste período que o planeta passou por uma profunda e avassaladora crise, de acordo com os pesquisadores, que teria provocado a extinção de mais da metade das espécies que vivam no planeta naquela época. Alguns estudiosos acreditam que o impacto de um grande meteoro teria sido o causador das alterações na Terra.

Outras teorias sugerem que a crise biótica teria se formado devido ao aumento das atividades vulcânicas no planeta. O cataclisma ambiental provocou a extinção dos dinossauros. A partir de então, surge um nova era, a Cenozoica.

 


Informar erro