Dependência química, o que é e como é causada

Apesar da gravidade das questões que envolvem essa patologia, existe tratamento para ela. Isso a torna controlável, mas não curável


A dependência química é quando uma pessoa adquire um transtorno mental devido ao uso descontrolado de uma determinada substância. Essa falta de controle provoca inúmeros problemas de saúde que precisam ser tratados com urgência.

Geralmente, o indivíduo torna-se dependente de drogas ilegais, mas também existem substâncias não-proibidas, como o álcool e remédios, que são capazes de causar muita destruição.

O consumo dessas drogas, ilícitas ou lícitas, provoca uma reação química no cérebro que o torna dependente deles. Isso pode acontecer já na primeira vez que a pessoa experimenta, como também com o consumo abusivo.

Dependência química, o que é e como é causada

Foto: depositphotos

Dependência química é incurável

A dependência química é uma doença progressiva, ou seja, quanto mais você consome, mais fica doente. E o pior: não tem cura. Por isso que, mesmo aquelas pessoas que estão “limpas” há vários anos, ainda são tratadas como viciadas, pois a dependência química é vista como uma doença crônica incurável.

Infelizmente, o corpo não demora a se adaptar aos efeitos das drogas no organismo, logo o cérebro se torna viciado nas alterações que a droga provoca. Depois que passa o efeito, ele começa a pedir por mais, levando a pessoa a um ciclo vicioso terrível.

Apesar da gravidade das questões que envolvem essa patologia, existe tratamento para ela. Isso a torna controlável, mas somente mediante a restrição absoluta das substâncias que fazem mal.

Além dos danos físicos e neurológicos, a dependência química causa inúmeros transtornos mentais e psicológicos. A pessoa tem dificuldades para resistir ao consumo e acaba mudando totalmente os seus hábitos e a forma como se relaciona com a sociedade em geral.

Sinais de dependência química

1. Você sente tremor, ansiedade, irritação e insônia quando para de consumir a substância e, por sua vez, se sente melhor quando a consome? Esse é o primeiro sinal de dependência;

2. Você está adquirindo tolerância à droga e cada dia precisa de uma dose maior para se desconectar;

3. Você já pensou em parar, mas, simplesmente não consegue;

4. Você sente que está sem tempo para fazer outras coisas na sua vida, pois a busca pela substância e o seu consumo tomam boa parte do seu dia;

5. Há algum tempo, você não sente vontade de se relacionar com pessoas ou estar em lugares que não tenham a substância;

Se você se identificou com os itens acima e concordou positivamente à maioria das questões, está na hora de procurar ajuda profissional. Não espere mais e lute pela sua vida. Você é capaz de manter-se sóbrio, basta procurar ajuda hoje mesmo!


Informar erro