Descrição na redação

Saiba o que é e como fazer uma redação descritiva. Além das principais características da descrição, confira algumas dicas para esse tipo de texto.


Quando falamos em redação, muitas dúvidas surgem. A narração é o relato de um determinado fato que ocorre em um determinado tempo. A descrição, por sua vez, é o relato de um determinado objeto, cena, situação estática ou pessoa, não dependendo do tempo.

É como se fossemos desenhar usando por meio de palavras uma determinada imagem, sendo que essa poderá, por meio dessa descrição, ser imaginada pelo leitor.

Características

São usados os verbos de ligação para conectar o sujeito ao seu predicativo em grande maioria dos casos. Além disso, estão presentes constantemente os adjetivos ou as locuções adjetivas, que constituem os predicados nominais. São comuns nesse tipo de texto graças à constante caracterização que se dá ao objeto descrito.

Descrição na redação

Foto: Reprodução/ internet

Trata-se de um texto não dinâmico, ou seja, um texto parado. O fato pode acabar tornando o texto, para alguns leitores, entediante, tornando mais difícil a sua leitura até o final. Isso pode ser evitado por meio de características específicas que tornam a imagem incomum, e com isso interessante, além das caracterizações claras.

Semelhante a um retrato, a imagem vai se constituindo por meio das palavras, o que recebe o nome de imagem verbal. Com uma riqueza maior de detalhes, a imagem se torna mais nítida e consequentemente mais acessível aos diversos tipos de leitores.

Como fazer uma boa descrição?

Para fazer uma boa descrição, você deve usar uma linguagem bastante clara e direta, além de descrever características não encontradas em quaisquer lugares. Destaque os traços distintivos de forma a aprofundar a visualização da imagem verbal. Por exemplo, ao invés de falar somente que os cabelos de determinado personagem são pretos, descreva: “na raiz branca podia-se perceber que os cabelos negros eram, na verdade, tingidos”. Isso ajuda a distinguir o indivíduo da maioria.

Separe aspectos físicos, emocionais e psicológicos e descreva um por vez. Com isso, a imagem poderá ser construída de forma mais coerente.

Como usar

A descrição pode ser usada no desenvolvimento de outros textos, representando uma pausa na linha do tempo em que a história ocorre, e é um recurso usado para que a atenção do leitor seja direcionada totalmente para um determinado objeto, pessoa, cena, sensação ou outras aspectos.

Se o seu texto é de descrição, na introdução apresente a imagem de forma direta e específica, além do local onde se encontra. Depois, durante o desenvolvimento, exponha as características da imagem, dando ênfase e separando as características, como mencionado no tópico anterior.

Ao terminar a descrição, termine o texto com uma característica que marcou a imagem como um todo, ou ainda com uma impressão sua a respeito da imagem – mas lembre-se de fazer sempre em terceira pessoa.


Reportar erro