Desculpe, desculpe-me ou desculpa: qual usar?

Desculpe, desculpe-me ou desculpa? Existem várias maneiras corretas de pedir desculpas. Saiba mais sobre cada um dos jeitos de pedir desculpas a alguém


Na Língua Portuguesa existem algumas expressões que podem ser escritas de várias maneiras e que nos fazem questionar se determinada forma está correta ou não. Este é o caso do “desculpe”, “desculpe-me” ou “desculpa”.

Será que todas estas expressões estão corretas e podem ser utilizadas para nos desculparmos? Saiba que existem várias maneiras corretas de pedir desculpas.

Maneiras de pedir desculpas

Em seus “Sermões”, de 1679, Padre Vieira usava o verbo desculpar como transitivo direito, ou seja, sem preposição. E está correto. São vários os exemplos clássicos e atuais para demonstrar que, sim, existem diversas possibilidades de pedir desculpas. Confira a seguir:

Desculpe a insistência.
Desculpem a bagunça do quarto.
Desculpa o atraso.
Desculpa a minha sinceridade.
Peço que vocês desculpem meus pais pelas brincadeiras feitas.
Desculpe, não ouvi direito, pode repetir, por favor?
Joana estava sempre disposta a desculpar os erros dos outros.

Imagem das palavras desculpe, desculpe-me e desculpa

Arte: Estudo Prático/ Estudo Kids

As características das formas verbais

É preciso notar que a forma verbal “desculpe” refere-se ao imperativo da terceira pessoa (você); já a forma “desculpa” é da segunda, fazendo referência ao tu. Quando empregamos a forma “desculpem”, estamos nos dirigindo a mais de uma pessoa.

As formas descritas anteriormente são normalmente utilizadas como sinal de polidez, para justificar ou minimizar a falha cometida.

Desculpas com pronome e preposição

As fórmulas ou frases de desculpas também podem ser usadas com o pronome átono e uma preposição. Confira alguns exemplos a seguir:

Meu caro, desculpe-me pelo atraso.

Desculpe-me por retomar aquele assunto.

Não irei desculpá-lo por tanta ingratidão!

Desculpa-me por ter te ligado de madrugada.

No entanto, é comum que nós, falantes do idioma, deixemos o pronome e a preposição de lado, até mesmo por uma questão de comodismo.

Qual forma devo utilizar?

Como vimos até aqui, existem várias maneiras de pedirmos desculpas a alguém e todas elas estão corretas. Por exemplo, você pode falar apenas “desculpe o atraso” e, neste caso, o verbo se classifica como transitivo direto; e você também pode dizer “desculpe-me pelo atraso”, caso em que o verbo funcionará como pronominal.

Observe que, sempre que nos utilizarmos da forma “desculpe-me pelo atraso”, necessariamente faremos uso de uma preposição.

E, por fim, a forma “desculpa” também está correta e está conjugado na 2ª pessoa do singular. Lembre-se que “desculpa” deve ser empregado quando a frase concordar com o pronome tu, além de poder referir-se à forma do verbo desculpar conjugado na 3ª pessoa do singular do presente do indicativo.

 

*Débora Silva é graduada em Letras (Licenciatura em Língua Portuguesa e suas Literaturas). 


Reportar erro