Diáspora Africana

Diáspora Africana é a denominação dada a um fenômeno sociocultural e histórico ocorrido nos países africanos, caracterizado pela imigração forçada da população africana a…


Diáspora Africana é a denominação dada a um fenômeno sociocultural e histórico ocorrido nos países africanos, caracterizado pela imigração forçada da população africana a países que adotavam a mão de obra escrava. Foi um termo elaborado por historiadores que pesquisam o tema, movimentos civis e descendência de ex-escravos recentes. O período da Diáspora Africana compreende o início da Idade Moderna e o final do século XVIII.

Diáspora Africana

Foto: Reprodução

O continente africano

Dividido em 55 países, a África é reconhecida pela sua grande diversidade, desde as suas características naturais até as sociais e históricas. O continente africano ocupa uma posição singular no mapa-múndi: é atravessado pelo meridiano de Greenwich, pela linha do Equador e pelos Trópicos de Câncer e de Capricórnio. Embora apresente uma grande diversidade natural e as famosas savanas, a África é também conhecida pelas guerras, epidemias, pobreza e fome que assolam o continente.

A escravidão dos negros africanos

A maioria dos negros africanos que chegavam ao país no qual seriam feitos de escravos já não possuíam identidade alguma. Não raro os senhores não sabiam que os seus escravos eram conhecidos, vinham de uma mesma região ou eram até parentes, ainda que distantes. Esse laço bastante considerado pelos negros africanos facilitava a sua união e, provavelmente, também favoreciam as rebeliões contra o modo de vida que lhes era imposto.

A população negra pelo mundo

Ao analisarmos os dados referentes à população negra distribuída no mundo, podemos notar que os países que possuem um elevado contingente desta população são aqueles que tiveram o triste episódio da escravidão em sua história. Atualmente, os países que possuem a maior quantidade de negros encontram-se na América do Norte, devido à mão de obra escrava utilizada nas plantações de açúcar, principalmente na região do Caribe. No continente europeu, a França é o país com o maior número de negros em sua população: aproximadamente três milhões de habitantes. Na América do Sul, destaca-se a Guiana Francesa, que possui cerca de 66% de sua população composta por negros, seguida pelo Suriname e a Guiana. Na região da América do Norte, a população negra destaca-se nos Estados Unidos.


Reportar erro