E se a lua explodisse, o que ocorreria?

Todos os papeis que a lua desempenha sob o Planeta estariam perdidos, caso houvesse uma explosão com este satélite natural. Entenda melhor


Visivelmente no céu pode-se observar o sol de dia e à noite a lua. Mas, já parou para imaginar o que ocorreria se não existisse o satélite natural da Terra? Suponha que por alguma explosão, a lua se dissipasse em fragmentos. Em que esse acidente afetaria o Planeta, os humanos e outros seres vivos? De acordo com um colunista do How It Works, Dave Harfield, dependendo de como esse evento ocorresse existiram duas respostas possíveis, porém nenhuma delas é positiva.

Para entender o impacto que a falta da lua causaria no ciclo da Terra é preciso compreender, primeiramente, quais sãos os papéis do satélite natural no espaço e como ele influencia o Planeta.

Duas suposições de explosão e suas consequências

Para deixar de existir completamente a lua precisaria passar por um processo de pulverização, uma vez que uma simples explosão poderia destruí-la, mas não ia impedir sua reestruturação. Nesse caso, ela não voltaria a ser do mesmo tamanho e nem no mesmo formato redondo, o que de certa forma poderia influenciar em suas funções.

Lua cheia

Foto: Pixabay

Porém, se ela fosse pulverizada seus resíduos se resumiriam em uma poeira lunar. Esta, por sua vez, acabaria atingindo a Terra em grande escala, disseminando civilizações. Outra parte dos fragmentos girariam em torno do Planeta como se fosse anéis, semelhantes aos de Saturno. O problema seria que a Terra ficaria exposta à possíveis acidentes decorrentes de objetos que sairiam desse anel. Além disso, todo papel que a lua desempenha sob o Planeta estaria perdido.

Lua: formação, função e importância

Originada há 4 bilhões de anos, a lua nasceu de uma pancada decorrente de um asteroide do tamanho de Marte. Os estardalhaços da colisão se uniram no espaço e formaram o satélite natural da Terra. Antes do surgimento desse elemento, o Planeta girava tão rápido que um dia durava apenas 4 horas. O ritmo da rotação só diminuiu com a gravidade exercida pela lua.

Além de alterar a rotação da Terra, a lua também influencia na força das marés, que podem ficar até 1/3 mais fracas caso o satélite deixe de existir. Isso interfere ainda na vida dos animais aquáticos, os quais passariam a encontrar dificuldades para se locomoverem e conseguirem alimentos. Consequentemente, algumas espécies marítimas entrariam em extinção junto com o satélite natural.

A lua também é encarregada de estabilizar as estações do ano e a órbita da Terra. Sem o satélite, a passagem dada pelo Planeta em volta do Sol seria mais elíptica, instável e descontrolada. Além disso, um papel importante desempenhado pela lua, mas que pouca gente tem conhecimento, é o de proteção, pois ela serve de barreira evitando que rochas espaciais atinjam a Terra. Sem a lua, o Planeta ficaria mais vulnerável.


Reportar erro