Economia da Alemanha – Detalhes de sua moeda e atividades econômicas

Conheça a economia da Alemanha, um dos países mais ricos do mundo. Veja sua moeda e detalhes sobre a indústria, o turismo e outras atividades econômicas


Conheça a economia alemã

A Alemanha é um dos países mais importantes do mundo, possuindo a economia mais relevante de todo o continente europeu e a quarta se analisada em escala global, atrás somente de Estados Unidos, China e Japão. Como membro do bloco econômico da União Europeia sua moeda de circulação é o Euro (adotado no ano de 2002 e tendo como antecessor o marco alemão) e seu PIB (Produto Interno Bruto) foi estimado em cerca de 3,268 trilhões de dólares no ano de 2011. Em decorrência do PIB elevado a Alemanha possui um grande desenvolvimento nas áreas militar e de tecnologia e o padrão de vida de seus 82,2 milhões (aproximadamente) de habitantes é excelente.

Economia da Alemanha - Detalhes de sua moeda e atividades econômicas

Imagem: Reprodução

O país ocupa também o 7º lugar no ranking de competitividade realizado pelo Fórum Econômico Mundial, e tem sua economia baseada num modelo social de mercado que estabelece limites para a livre ação do mesmo, com a intenção de evitar as barreiras sociais. A área industrial alemã com químicas e metalúrgicas exerce papel fundamental no desenvolvimento de sua economia enquanto que a agricultura também se destaca com a média propriedade familiar que dispõe de alta mecanização.

Suas indústrias se encontram bem espalhadas por seus dezesseis estados, o que gera um grande tráfego rodoferroviário e aéreo no transporte de mercadorias, ajudando assim a movimentar a economia internamente. O principal centro financeiro do país, e também da União Europeia, é a cidade de Frankfurt, onde ficam localizado a Bolsa de Valores de Frankfurt e o Banco Central Europeu.

Principais atividades econômicas da Alemanha

Indústria

A Alemanha tem no setor de indústrias sua principal atividade econômica, o mesmo emprega cerca de 6,4 milhões de alemães e movimenta o equivalente a 1,3 bilhão de euros anualmente. Cerca de 49.000 indústrias encontram-se instaladas no país atualmente. A indústria alemã é a de maior índice de crescimento e desenvolvimento econômico e a campeã em expansão econômica no continente europeu.

A Alemanha sedia 37 das maiores empresas mais negociadas na bolsa, no que diz respeito ao faturamento, conforme o Fortune Global 500. Dentre elas podemos destacar: Siemens, Deutsche Bank (primeira e segunda empresas mais lucrativas respectivamente), E. ON, Deutsche Post, Deutsche Telekon, Metro, BASF, Adidas e Puma. Onde a Deutsche Post está entre as três maiores empregadoras do país. A Alemanha também é grande destaque na indústria automobilística sendo país sede de empresas como Audi e BMW.

Energia

Devido à grande quantidade de indústrias e tecnologia presente no país a Alemanha é um dos maiores consumidores de energia do mundo.

No ano de 2002 o país ocupou o quinto lugar no ranking dos que mais consumiram e dois terços da energia primária alemã foram importadas, o que movimenta a economia do país de certa forma. Em contraponto o governo vem incentivando a produção de energia por fontes sustentáveis e renováveis por meio de políticas governamentais. Energias como a solar, biomassa, eólica, geométrica e hidráulica vêm sendo estimuladas com o objetivo de preencher metade da demanda energética do país com fontes renováveis até o ano de 2050, diminuindo assim seus custos.

Turismo

Portão de Brandemburgo

Portão de Brandemburgo, em Berlim. | Foto: Reprodução

O turismo é um dos setores de relevância para a Alemanha. Ele atrai milhares de visitantes ao país todos os anos e ajuda na movimentação de sua economia. Dentre os pontos turísticos mais visitados podemos citar o Portão de Brandemburgo, a Catedral de Berlim, o Memorial aos Judeus Mortos da Europa e o Muro de Berlim na capital do país.

Em Baviera, capital de Munique, há eventos famosos que atraem um grande público como o Oktoberfest, e ainda pontos muito visitados como o Teatro Nacional, Palácio Real e o museu da BMW.


Reportar erro