Economia do Canadá

A economia do Canadá e moeda estável oferecem boas oportunidades de emprego e excelente qualidade de vida à população e quem quer ir ao país


O Canadá é um país com economia forte e estável cuja população desfruta de ótima qualidade de vida e oportunidades de emprego. O país é atualmente a 10º maior economia do mundo quando medida pelo seu Produto Interno Bruto (PIB) que vem crescendo cerca de 3 % ao ano desde 1993. Ocupa a 12º posição no ranking de competitividade do Fórum Econômico Mundial e está entre as nações mais desenvolvidas integrando o G8, grupo dos sete países mais industrializados do mundo incluindo a Rússia. Fazendo fronteira com os Estados Unidos, que é um de seus principais parceiros comerciais, o Canadá integra o bloco econômico do NAFTA (Acordo de Livre Comércio da América do Norte) desde 1994.

Economia do Canadá

Cidade de Montreal | Foto: Reprodução

As oportunidades de emprego no país são um grande atrativo já que o governo investe em tecnologia e modernização dos setores econômicos e incentiva programas de estudo para qualificação dos trabalhadores locais. O Canadá está sempre em busca de mão de obra qualificada para ocupar as vagas em aberto cujos salários também chamam atenção.

Principais atividades da economia do Canadá

Agricultura e Pecuária

A economia do país está baseada em atividades como agricultura, pecuária e mineração, todas com recursos modernos de alta tecnologia. No verão o clima permite o cultivo de morangos, pepino, alface, milho, maçã e tabaco na região sul onde ficam produtores como Quebec que é o maior produtor de leite e derivados seguido por Ontário. A região centro-oeste é responsável pela sua produção de trigo, do qual o Canadá é um dos maiores produtores mundiais, tendo destaque na produção de carne bovina onde o maior rebanho está localizado em Alberta. Grande parte dessa produção é escoada para os Estados Unidos.

Mineração

O solo canadense é altamente rico em minerais que são a principal razão do desenvolvimento econômico do país que é um dos maiores produtores mundiais de cobre, ferro, alumínio, níquel, ouro, zinco, urânio e titânio. A extração desses minérios está bem dividida em seu território, tendo Ontário como responsável pela extração de titânio, prata, cobre, zinco, além de ser a maior fornecedora de níquel em todo o mundo. A província de Quebec extrai quantidades generosas de zinco, ferro e asbestos e as maiores produtoras de cobre, ferro e zinco são a Colúmbia Britânica, Terra Nova e Labrador e Nova Brunswick respectivamente.

Contudo os minerais de maior importância para a nação canadense são o petróleo e o gás natural. O petróleo faz da província de Alberta a maior produtora nacional já que possui uma grande reserva deste recurso e também de betume (mineral que pode ser transformado em petróleo, porém esse processo é extremamente caro e não está sendo posto em prática. Caso o Canadá comece a transformar o betume em petróleo, passará a ser um dos maiores provedores mundiais deste recurso). Na cidade de Edmonton,  capital nacional do petróleo, existe um monumento que simboliza a importância do mineral para a economia local.

Produção de Papel e Celulose

Cerca de 48 % do território do Canadá é composto por densas florestas que permitem a exploração para a fabricação de papel e celulose. O país abriga diversas indústrias que trabalham nesse processo de forma sustentável com o apoio do governo para o reflorestamento garantindo assim a continuidade da matéria prima.


Reportar erro