Eletrólise

Eletrólise (do grego elektró = eletricidade e lisis = solução) é o termo dado ao processo químico no qual ocorre uma reação de oxirredução…


Eletrólise (do grego elektró = eletricidade e lisis = solução) é o termo dado ao processo químico no qual ocorre uma reação de oxirredução provocada por uma corrente elétrica de forma não espontânea, proveniente de um gerador (uma pilha).

Em uma reação de oxirredução ocorre a transferência de elétrons entre os átomos do sistema. Nas soluções eletrolíticas, este processo se dá na passagem de uma corrente elétrica através de um sistema líquido com íons presentes, gerando, dessa maneira, reações químicas.

Eletrólise

Foto: Reprodução

Como a eletrólise é realizada?

A eletrólise é realizada em circuitos eletrolíticos que, geralmente, são formados por dois eletrodos onde ocorrem duas semi-reações: reação de oxidação (perda de elétrons) e reação de redução (ganho de elétrons). O eletrodo em que ocorre a oxidação é chamado de anodo; já o eletrodo no qual acontece a redução, catodo.

Além dos eletrodos, um circuito eletrolítico também é composto por um eletrólito, sendo o meio (em geral, uma solução) no qual os eletrodos são imersos, cuja função é a condução da corrente elétrica sob a forma de íons. A solução fica em um recipiente denominado célula eletrolítica e o gerador elétrico, que fornece a energia necessária para provocar a reação, fecha o circuito eletrolítico.

Para que o processo ocorra com sucesso, é necessário que a passagem da corrente elétrica seja de maneira contínua e com uma voltagem suficiente para desencadear a reação.

Eletrólise ígnea e eletrólise aquosa

Existem duas formas mais comuns de eletrólise, a saber: eletrólise ígnea e eletrólise aquosa.

  • Eletrólise ígnea

Na eletrólise ígnea, não há presença de água e a passagem da corrente elétrica ocorre em uma substância iônica no estado de fusão (liquefeita ou fundida).

Este é um tipo de reação bastante utilizada na indústria, destacando-se a produção de metais como, por exemplo, o alumínio a partir da bauxita.

  • Eletrólise aquosa

Na eletrólise aquosa, a passagem elétrica ocorre através de um líquido condutor. Nesta forma de eletrólise, somente um dos cátions e um dos ânions participam da reação. A soda cáustica, o gás hidrogênio e o gás cloro são produzidos na eletrólise do cloreto de sódio em meio aquoso.

Aplicação da eletrólise

A eletrólise é bastante aplicada na indústria química, sendo utilizada na produção de metais como o magnésio, potássio, alumínio etc., além de ser um processo que serve para purificar e atuar como revestimento em vários metais.


Reportar erro