Encontro vocálico

Os encontros vocálicos ocorrem pela junção de vogais na mesma palavra. Podem se dividir em ditongo, tritongo e hiato, de acordo com a posição na sílaba.


Os encontros vocálicos caracterizam-se quando duas vogais encontram-se na mesma palavra sem serem intercaladas por nenhuma consoante. Tenha cautela, pois quando há a junção de uma vogal e consoante e o som produzido for o de uma vogal, poderá ser classificado como encontro vocálico também. É o caso do “ol”, como em farol, anzol e cerol.

As vogais (a, e, i, o, u), são fonemas sonoros que se originam a partir da passagem livre do ar pela boca. São chamadas de “núcleo da sílaba”, pois toda sílaba de qualquer palavra possui pelo menos uma vogal. Atente-se ao fato de que muitas vezes os fonemas /i/ e /u/ apresentam-se não como vogais, mas sim como semivogais. Isso ocorre quando eles juntam-se com outra vogal, mas formam um único som, como em memória, série e saudade.

Existem três tipos de encontros vocálicos, e eles são definidos de acordo com a posição das vogais, seja na mesma sílaba ou em sílabas separadas.

Encontro vocálico

Imagem: Reprodução/ internet

Ditongo

O ditongo ocorre quando duas vogais são pronunciadas numa mesma sílaba, ou seja, o velho “não se separa”. Exemplos:

  • Muito = mui-to
  • Pelotão = pe-lo-tão
  • Pais = pais

O ditongo se subdivide em quatro grupos, são eles: crescente, decrescente, oral e nasal. Tenha atenção, pois há momentos que o encontro das vogais não forma um ditongo, e sim um dígrafo. Ele ocorre graças à formação de um único fonema, quando a letra u não é pronunciada. Palavras que possuem dígrafo: cegueira, aguentar, quilo, guerra etc.

Ditongo crescente

Verifica-se quando a semivogal aparece antes da vogal. Exemplo:

  • Supérfluo = su-pér-fluo
  • Início= i-ní-cio
  • Promíscuo = pro-mís-cuo
  • Páreo = pá-reo
  • Quadro = qua-dro

    Ditongo decrescente

Quando a vogal aparece antes da semivogal. Observe:

  • Primeiro = pri-mei-ro
  • Pai = pai
  • Saudade = sau-da-de
  • Mingau = min-gau
  • Pouco = pou-co

    Ditongo oral

Quando a passagem do ar ocorre apenas pela boca.

  • Naipe = nai-pe
  • Ouvir = ou-vir
  • Sequestro = se-ques-tro
  • Fugiu = fu-giu
  • Flauta = flau-ta

    Ditongo nasal

Quando a passagem do ar ocorre essencialmente pela cavidade nasal, produzindo aquele som meio nasalado.

  • Delinquente = de-lin-quen-te
  • Mãe = mãe
  • Quantidade = quan-ti-da-de
  • Seqncia = se-qn-cia
  • Quanto = quan-to

Tritongo

É o encontro de três vogais numa mesma sílaba. Também são classificados em orais e nasais, seguindo a mesma regra dos ditongos.

Orais

  • Paraguai = pa-ra-guai
  • Averigueis = a-ve-ri-gueis
  • Uruguai = u-ru-guai

    Nasais

  • Quão = quão
  • Saguão = sa-guão

Hiato

O encontro de duas vogais na mesma palavra, mas em sílabas diferentes. Ou seja, quando as vogais “se separam”. Exemplos:

  • Receoso = re-ceo-so
  • Poeta = poe-ta
  • Maresia = ma-re-sia
  • Sde = saú-de
  • Democracia = de-mo-cra-cia

Reportar erro