Europa medieval – História, mapa e feudalismo

A Europa medieval foi um período de submissão à Igreja Católica que ocorreu na Idade Média. Veja detalhes sobre essa história e a formação do feudalismo


A Europa Medieval se deu em um período onde a agricultura não se desenvolveu tanto quanto nas épocas anteriores. Foi o momento das espadas e cavaleiros ascenderem. Contudo não se pode esquecer que também foi o período em que a Igreja Católica ditou as regras, com um poder de dominação maior que os reis.

Mapa da Europa Medieval

Mapa da Europa Medieval

Mapa da Europa Medieval | Imagem: Reprodução

O surgimento e formação

Depois que o Império Romano foi ruralizado e a sua estrutura formada com base no sistema de Colonato, o continente europeu se viu entrando em um momento de grande influência do clero e dos senhores feudais, que eram os herdeiros dos patrícios romanos. A sociedade feudal continha uma miscigenação entre os povos romanos e germânicos. Na política, os chefes da dinastia Merovíngia criaram um campo político de alianças e conquistas militares, possibilitando que Pepino, o Breve pudesse se tornar rei dos Francos e se aliar à Igreja Católica, criando os Estados Papais. Com o término dessa dinastia, Carlos Magno subiu ao trono no período da Alta Idade Média (século V ao século XI). Na dinastia Carolíngia, as conquistas militares e políticas foram muito boas em relação à suserania e a vassalagem. Foi então que a Igreja começou a comandar as ações da população mais fortemente, ditando regras à sociedade em vários campos, como na cultura, no lazer, na política e, ainda por cima, na administração dos feudos.

Feudalismo

O conjunto de práticas econômicas, sociais e políticas que vigoravam na Idade Média era o Feudalismo. A economia, pode-se dizer que era agrária e de subsistência, utilizando de ferramentas rudimentares. O comércio era feito por trocas, afinal o dinheiro era escasso e havia muita dificuldade para ter equivalência monetária, algo que prejudicava os comerciantes de fecharem negócios. Já no campo da política, os reis haviam perdido o posto de poder máximo para os senhores feudais, que cuidavam dos feudos. Por esse motivo, pode se afirmar que o poder político na Idade Média era descentralizado.

A sociedade da Europa Medieval

Pode-se dividir a sociedade da Europa Medieval em: clero, nobreza e demais povos. Conheça as características de cada um:

  • Clero: A camada mais alta, formada pelos religiosos. Eram muito influentes sobre a sociedade, ditando as regras e produzindo o conhecimento geral na Idade Média.
  • Nobres: Pessoas que tinham títulos importantes, como Duques, Viscondes, Marqueses e Barões. Estes, geralmente, possuíam as terras dos feudos.
  • Demais povos: Trabalhadores rurais, andarilhos, alfaiates, comerciantes, oficiais mecânicos, ferreiros, ourives e servos compunham essa classe, que era a maior. Um servo era designado a ser servo para toda a sua vida, eram submetidos a trabalhar incansavelmente para os seus senhores e não podiam fazer nada para mudar essa condição, que era semelhante a escravatura.

Reportar erro