Evangélicos e protestantes e a diferença entre essas correntes

Ambos os grupos fazem referência ao povo cristão que desistiu de seguir a Igreja Católica no período da Reforma Protestante


Se você é uma entre tantas pessoas que já se perguntou sobre o conceito de evangélico e protestante, saiba que o momento de esclarecer suas dúvidas a respeito do assunto chegou.

Protestante e evangélico

Ambos os grupos fazem referência ao povo cristão que desistiu de seguir a Igreja Católica no período da Reforma Protestante. Assim, a nomenclatura protestante surgiu do documento original de protesto, o chamado Protestatio. O mesmo foi apresentado em 1529, na oportunidade em uma assembleia.

Em contrapartida, evangélico faz referência ao fiel que se coloca como adepto ao que prega os ensinamentos das “boas-novas”, em latim evangelium, disseminadas pelo Cristo.

Evangélicos e protestantes e a diferença entre essas correntes

Foto: Depositphotos

Os protestantes eram adeptos ao Evangelho, tendo como um dos seus mais importantes princípios o de considerar a Sola Scriptura, no latim “Só a Escritura”.

A Bíblia como ensinamento único

Para o povo protestante, somente a Bíblia revelava os ensinamentos inspirados no Divino. Assim, à época, eles entendiam que a criação de doutrinas fora da Igreja devia ser proibida.

Entretanto, todos esses movimentos cobravam o fim do comando da Igreja Católica sobre as interpretações bíblicas. Que o monopólio religioso do catolicismo fosse quebrado.

Tendo recusado a ideia de que apenas um líder deveria atuar como guia do povo religioso da época, cada grupo deu início a várias correntes distintas, assim formando as doutrinas que hoje existem no mundo, entre as quais tem -se o Catolicismo, a Igreja Ortodoxa, Igreja Batista, os Anglicanos, entre outros.


Reportar erro