Exemplos e fotos de animais invertebrados

Por Nayla Georgia

O que são animais invertebrados?

Eles vêm diretamente dos primeiros organismos vivos existentes, como organismos unicelulares e protozoários e agregam seres, por exemplo: moluscos, equinodermos e anelídeos. Os animais invertebrados são uma classe animal que não possui a coluna vertebral ou coluna dorsal. Em muitos casos, esses animais possuem corpos moles e com pouquíssima rigidez, mas há alguns deles, como os artrópodes, que são conhecidos por terem um exoesqueleto de calcário para proteção e sustentação, que são funções do esqueleto interno dos vertebrados.

Besouro Rinoceronte - Animal invertebrado

Besouro Rinoceronte | Foto: Reprodução

Os invertebrados podem fazer parte dos dois principais sub-reinos do reino animal

  • Protozoários: São os seres mais rudimentares existentes. Na sua maior parte, os protozoários são organismos somente vistos em microscópio. Alguns desses possuem estruturas diferenciadoras, como o flagelo ou cílio. O filo dos protozoários se divide em dois subfilos: Plasmodromos (Sem estrutura diferenciada para locomoção. Os plasmodromos ainda se dividem em mais quatro classes: Flagelados, Protociliados, Rizópodes e os Esporozoários.) e Cilióforos (Possuem apenas uma classe: Os ciliados.).
  • Metazoários: São organismos multicelulares, que com o agrupamento de células formam tecidos, órgãos e estruturas diferenciadas que nos permitem identificar e classificar os invertebrados desse tipo.

Filos mais conhecidos

  • Artrópodes: A principal característica dos membros desse grupo é ter um exoesqueleto com uma composição de calcário. Outra característica desse filo é ter apêndices que servem para locomoção. Normalmente o número desses apêndices varia dependendo do grupo, podendo ser eles apenas seis ou vários, como é o caso da lacraia (Quilópode).
  • Anelídeos: A principal característica desses animais é a divisão corpórea com aparência de anéis. São exemplos desse grupo: As minhocas e as sanguessugas. Uma curiosidade sobre esse grupo é que a minhoca é hermafrodita, embora uma boa parte dos invertebrados tenha reprodução sexuada.
  • Poríferos: As esponjas são animais, em boa parte, de habitat marinho, com exceção de algumas espécies que vivem em água doce. Vivem desde zonas costeiras até profundidades de mais de 6000 metros. A principal característica desses animais, é que eles têm vida séssil, ou seja, eles se fixam em algumas estruturas e lá vivem. Um interessante fato sobre as esponjas é que elas produzem uma toxina que, no momento, está sendo usada para produzir um antiviral (AZT) usado no tratamento da AIDS.
  • Moluscos: Eles compõem o segundo maior grupo de animais em número de espécies, apenas perdendo para os artrópodes. São animais que aparecem nos mais diversos lugares como na terra, no mar, na água doce, em regiões de altas temperaturas e em regiões com um clima extremamente frio. Uma característica presente nesses seres é um tipo de estrutura raladora, conhecida como rádula, que serve para raspar alimentos.
  • Platelmintos: Os platelmintos são animais de corpo achatado e popularmente são chamados de vermes. Alguns desses têm vida livre, todavia os mais conhecidos são parasitas como as tênias e esquistossomos. As tênias são conhecidas como “solitárias” e, normalmente, se adquire a doença comendo a carne de seu hospedeiro intermediário: o porco. Já a esquistossomose é adquirida através da água contaminada. Ambos os platelmintos citados possuem um ciclo de vida envolvendo mais de um portador.

Fotos de alguns exemplos

Minhoca - Animal invertebrado

Minhoca | Foto: Reprodução

 

Polvo - Animal invertebrado

Polvo | Foto: Reprodução

 

Solitária - Animal invertebrado

Solitária | Foto: Reprodução

 

Esponjas do mar - Animais invertebrados

Esponjas do mar | Foto: Reprodução