Expressão ‘a preço de banana’

Você, provavelmente, já ouviu a expressão “a preço de banana”. Mas sabia que ela possui toda uma história por trás que remete ao Brasil colonial? Descubra!


Provavelmente você já ouviu essa expressão, que geralmente está associada a algo de baixo valor. Ocorre quando vamos comprar algo, mas o preço está tão baixo, mas tão baixo que nem vale a “pechincha”, e o objeto de desejo se torna reflexo de uma ótima negociação. Aí é quando entram discursos como “comprei esta camisa a preço de banana” ou “esse computador saiu a preço de banana”, por exemplo. Mas, se paramos para analisar, fica o questionamento: por que banana? Por que não outra fruta, como a uva, a maçã ou o abacaxi? Quando olhamos para uma simples banana, não pensamos na dimensão histórica que essa fruta possui.

Colonizadores portugueses

Ao pisar em um “novo mundo”, o território brasileiro, os colonizadores encontraram nas terras bananeiras para tudo quanto é lado. Elas cresciam naturalmente, sem precisar do plantio, e o clima ajudava ainda mais. Durante todo esse período, as bananeiras eram comuns em jardins e quintais. É aí que entra a ideia de mercado.

Quando se tem um produto em excesso, seu valor de venda diminui. É a velha conhecida lei da oferta e da procura. Não se poderia cobrar muito de algo de tão fácil obtenção, logo, não era rentável vender bananas. E daí que surgiu a fatídica expressão, uma vez que as bananas tinham um valor muito baixo.

Expressão 'a preço de banana'

Foto: Pixabay

República das bananas

No século XX, vários países da América Latina receberam a alcunha de “república das bananas”, em uma outra associação clara ao baixo valor dessa fruta. Esse é um termo pejorativo, que faz referência a um Estado politicamente instável, com a economia calcada nas bases primárias e comandada por um governo rico e corrupto. A escolha da banana se faz por conta da ligação entre essa fruta e o continente americano.

Por conta do clima quente e da umidade dessa região, a produção dessa fruta era muito fácil e abundante. A banana meio que se tornou uma representante dos países latinos ou de baixa renda, tanto é que até hoje serve como principal fonte de alimento para as comunidades mais pobres.

Expressão histórica

Como visto, a expressão “a preço de banana” carrega toda uma história por trás, tão antiga que remete ao Brasil colonial. E isso é bem comum para grande parte das expressões que ouvimos no dia a dia, como a do “bom samaritano”, esta que vem da Bíblia. Descobrir o surgimento é muito interessante, pois nos faz identificar o período em que está inserido tal dito, e como ainda continua fazendo todo o sentido no mundo contemporâneo.


Reportar erro