Filosofia da religião

A filosofia da religião, nada mais é do que um dos segmentos de estudos da filosofia. Seu principal objetivo é estudar a dimensão espiritual…


A filosofia da religião, nada mais é do que um dos segmentos de estudos da filosofia. Seu principal objetivo é estudar a dimensão espiritual do homem a partir de uma perspectiva filosófica com indagações e pesquisas sobre a essência do fenômeno. Algumas das perguntas em que se baseiam os estudos da filosofia da religião são:

  • O que é a religião?
  • Deus existe?
  • Há vida após a morte?

Os métodos usados para esse estudo são o antropológico, filológico e histórico-crítico comparativo:

  • Antropológico: reconstrução do passado religioso com base na etnologia, ou seja, no estudo dos povos primitivos e atuais.
  • Filológico: comparação das línguas para encontrar palavras que são usadas para descrição e expressão do sagrado, além das raízes comuns.
  • Histórico-crítico comparativo: comparação entre várias religiões no tempo e no espaço, buscando encontrar elementos em comum e díspares para descobrir o que constitui a essência do fenômeno religioso.

A história da filosofia da religião

Filosofia da religião

Foto: Reprodução

No início, a filosofia visava encontrar esclarecimentos a alguns aspectos do paganismo, do judaísmo e do cristianismo.  A teologia negativa gira em torno da afirmação de que Deus só pode ser conhecido quando negamos que os termos ruins possam ser aplicados à ele. É impossível chegar a uma descrição do Ser Supremo, mas mesmo que se chegue a essa descrição, continua-se a ter o problema relacionado à razão pela qual se corresponde algo a essa descrição.

Durante a época medieval, foram desenvolvidas muitas tentativas de demonstração da existência de Deus. Entre elas estão as cinco vias de São Tomás de Aquino e o argumento ontológicode Santo Anselmo. A maioria delas, no entanto, com a evolução da mentalidade humana, perderam sua validade a partir do século XVIII, apesar de ainda hoje convencerem algumas pessoas e filósofos. Dessa forma, filósofos religiosos passaram a adotar formas de prevenção contra a cultura religiosa popular, como o estudo das religiões com uma visão social e antropológica, forma que é seguida por filósofos até os dias de hoje.

A divindade

Todas as religiões do ocidente contêm, de acordo com a filosofia da religião, um ponto em comum: a fé em Deus. Dessa forma, a divindade é um ser sem corpo e que possui vida eterna, visto como o criador de todas as coisas. Além disso, de acordo com as religiões, Deus é generoso, perfeito, onipotente, onisciente e onipresente.


Reportar erro