Firewall

Entenda o que é o firewall e como pode ser usado na forma de hardware e software colaborando com a segurança e integridade das informações


Você já ouviu falar em farewall? A palavra tem estado cada dia mais presente no dia a dia das pessoas, uma vez que a segurança digital tem ganhado mais evidência com o passar do tempo. O nome, em inglês, significa “parede de fogo” – nome usado para designar uma porta anti-chamas usada em passagens para escadarias de prédios –, que pode ser associado à sua função para facilitar a memorização: uma parede de proteção que ajuda a bloquear conteúdo malicioso, mas ainda deixa os dados que precisam transitar fluírem.

Firewall em informática

O firewall pode ser usado na forma de software ou hardware e tem como função básica filtrar o tráfego nocivo de dados e impedir que sejam propagados e danifiquem outras informações. Explicando de outra maneira, são, na informática, aplicativos ou ainda equipamentos que ficam entre um link de comunicação e um computador, sempre checando e filtrando o fluxo de dados. É importante não apenas para aplicações empresariais, mas também domiciliar, pois além de manter a integridade dos dados na rede, protege a sua confidencialidade.

Essas aplicações fazem parte de qualquer programa operacional moderno, o que garante que seu computador seja mantido em proteção desde quando você o liga. São usadas regras de segurança: aqueles pacotes de dados que estão dentro das regras, são aprovados e passam, enquanto que aqueles que não estão, são destruídos.

Firewall

Imagem: Reprodução/ internet

No caso de uma invasão por um cavalo de troia, por exemplo, o firewall, além de proteger significativamente, impede que a conexão seja feita entre a máquina infectada e quem está por trás.

Aplicações adicionais

Algumas empresas usam, além do firewall adicionado automaticamente no sistema, computadores que são usados somente para filtrar o trânsito de dados entre os computadores locais. É possível, nesse caso, criar regras exclusivas.

O protocolo de segurança do sistema operacional Windows, por exemplo, permite que sejam feitas alterações no protocolo de segurança conforme a necessidade. Em empresas, por exemplo, é comum fazerem a configuração para impedir que pessoas não autorizadas acessem dados sigilosos por máquinas com acesso proibido.

Firewall hardware

Na forma de hardware, trata-se de equipamentos que são especificamente desenvolvidos e usados com a finalidade de proteção, e são normalmente usados em aplicações empresariais. O hardware, ao invés de ser dividido com várias funções como o software da máquina, é usado exclusivamente para isso, tratamento mais requisições e aplicando de forma mais ágil todos os filtros necessários para que a proteção seja feita da melhor forma.

Alguns roteadores de rede domiciliar, inclusive, nos dias de hoje, contam com aplicações firewall, sendo que a mais básica refere-se ao controle dos computadores que podem conectar-se à internet.


Reportar erro