Física moderna

O início de tudo A física clássica teve suas bases estabelecidas por Isaac Newton e Galileu Galilei, que demonstraram que a lógica e as…


O início de tudo

A física clássica teve suas bases estabelecidas por Isaac Newton e Galileu Galilei, que demonstraram que a lógica e as experiências eram a melhor forma de alcançar a verdade. Nessa época, a ideia girava em torno da física mecanicista, ou seja, o universo era como uma máquina, possuindo um funcionamento organizado e previsível. A partir de então, começaram a surgir algumas dúvidas através do estudo da luz, que revelavam que ela tinha comportamentos distintos, agindo como partícula e como onda. Surgiram diversos questionamentos também com o estudo da eletricidade e outras diversas questões, que acabavam levando apenas a novos questionamentos.

A física moderna

Física moderna

Foto: Reprodução

Muitas teorias surgiram e começaram a impactar com o antigo conceito de física. Nesta fase, começaram a surgir conclusões revolucionárias que afetaram e afetam até hoje os estudos e teorias. Dentro do estudo da física, considera-se que o começo da fase moderna foi quando o espectro da radiação térmica passou a ser analisado por meio do estudo da radiação emitida por corpos negros. O estudo da absorção e da emissão de calor foi realizado pelo alemão Robert Kirchhoff, que descobriu que aqueles objetos com coloração negra absorviam mais radiação.

Em 1900, Max Planck buscou estudar esses fenômenos relacionados à radiação térmica, apresentando ao mundo a mecânica quântica. O físico chegou à uma equação que era capaz de explicar o fenômeno que a intensidade de radiação emitida pelo corpo negro causava. Até então, os fenômenos eram inexplicáveis para os estudos realizados na física clássica.

Os resultados da física moderna

Dentro dos estudos e alterações realizadas em pesquisas no período da física moderna, descobriu-se que matéria e energia são equivalentes. Como em bombas atômicas e usinas nucleares, por exemplo, a matéria pode ser uma energia contida em pequenas quantidades de matéria. Pode-se dizer que a matéria é uma grande quantidade de energia organizada.

Einstein propôs uma fórmula que demonstra a equivalência citada acima, onde E é a energia, m a massa e c a velocidade da luz:

 E = mc²

A partir dos estudos dessa fase da física, pode-se concluir ainda que o tempo e o espaço dependem de um referencial. Desta forma, dizemos que as medidas relacionadas ao tempo e ao espaço não são iguais para todos. Por exemplo, o tempo não será o mesmo para uma pessoa que se move na velocidade da luz e para outra que está em repouso. O mesmo acontece com o espaço.

A mecânica quântica

Quando descobriu-se que o tempo e o espaço são relativos, e que a energia é equivalente à matéria, os conceitos e teorias de Newton passavam a não ser mais aplicáveis à diversos fenômenos, principalmente quando se tratava de átomos e moléculas. Foi neste momento que surgiu a Mecânica Quântica, exatamente para estudar alguns destes casos em que as teorias não eram mais aplicáveis.

Atualmente, a física moderna busca formular teorias unindo a mecânica quântica à relatividade de Einstein de forma a criar uma única teoria, responsável pela explicação e compreensão de todos os fenômenos.


Reportar erro